João Pessoa, 16 de maio de 2022 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
sertão do estado

Polícia prende suspeito de furtos de hidrômetros na cidade de Patos

Comentários:
publicado em 16/05/2022 às 16h24
A- A+

Após vários furtos de hidrômetros na cidade de Patos, no Sertão do Estado, a Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) acionou as polícias Civil e Militar, que prenderam um suspeito de praticar o crime no bairro Jardim Guanabara.

A prisão ocorreu na noite da última quinta-feira (12), e foi realizada por policiais da Rotam. Com o suspeito, foram encontrados vários hidrômetros, equipamento utilizado pela Cagepa para medir o consumo de água dos imóveis.

De acordo com o delegado de Roubos e Furtos de Patos, Elcenho Leite, o interesse dos ladrões no roubo desse tipo de equipamento é pela existência do bronze em sua composição, metal de aceitação no mercado paralelo.

Ainda conforme o delegado, esse tipo de crime vem ocorrendo desde os primeiros meses deste ano na região polarizada pela cidade de Patos, que chamou a atenção das polícias Civil e Militar. “Com esta prisão, também deveremos chegar aos receptadores dessa prática delituosa”, disse o policial, acrescentando que outros suspeitos pelo mesmo tipo de crime podem ser detidos a qualquer momento.

Para o engenheiro Jonatas Raulino, gerente regional da Cagepa, o furto de hidrômetros causa vários danos de ordem econômica à Companhia e, sobretudo, ambiental à população. “A cada furto praticado, muita água é desperdiçada, porque a nossa manutenção só consegue agir a partir do momento que é notificada”, explicou.

O gerente da Companhia aproveitou para agradecer o empenho dos policiais na prisão do suspeito pelo crime, e reforçou a defesa no combate a essa prática delituosa contra o patrimônio público. “A ação policial, certamente, vai contribuir muito para acabar com esse tipo de crime na nossa região”, pontuou Jonatas Raulino.

MaisPB

MaisTV

Prefeito detalha vocações que destacam Taperoá na Paraíba

vídeo - 23/06/2022

Opinião

Paraíba

Brasil

Fama

mais lidas