João Pessoa, 14 de janeiro de 2022 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
observatório da ufpb

Taxa de transmissão da Covid-19 supera índice 4,0 em João Pessoa e Campina

Comentários:
publicado em 14/01/2022 às 07h06
atualizado em 14/01/2022 às 08h34
A- A+

A análise feita pelo Observatório de Síndromes Respiratórias da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) aponta que a média móvel da taxa de transmissibilidade do novo coronavírus está em 4,24 em João Pessoa. Já em Campina Grande, segunda maior cidade do estado, o índice está em 4,6.

Apesar das altas porcentagens quando são analisados dados referentes a João Pessoa e Campina, o estado da Paraíba tem uma transmissão de 1,06.

O levantamento leva em consideração os dados referentes aos últimos 14 dias até esta quinta-feira (13). O número reprodutivo basal ou razão de reprodução básica R0 indica o quão contagiosa uma doença infecciosa é. Veja os gráficos abaixo:

Fonte: Observatório de Síndromes Respiratórias da Universidade Federal da Paraíba (UFPB)

Fonte: Observatório de Síndromes Respiratórias da Universidade Federal da Paraíba (UFPB)

Fonte: Observatório de Síndromes Respiratórias da Universidade Federal da Paraíba (UFPB)

Os gráficos acima mostram que a média móvel relativa aos últimos 14 dias aponta grandes chances do contágio da Covid-19. Segundo a o Observatório, se o RT estiver maior que um, significa que cada cidadão poderá infectar mais pessoa. Nos casos de João Pessoa e Campina, a cada 100 moradores dos municípios, quatrocentos podem ser diagnosticados com a doença.

Se a taxa for menor que um, os níveis de contágio da doença irão decair e a doença irá, eventualmente, desaparecer.

MaisPB