João Pessoa, 06 de setembro de 2021 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora

Graduado em Jornalismo, Yago Fernandes é um “pitaqueiro” sobre a vida, relações humanas e um apaixonado pela comunicação. É mestre de cerimônias e tem experiência com palestras e oficinas de Oratória. Atualmente, também é assessor de comunicação.

Crendices e mais nada 

Comentários:
publicado em 06/09/2021 às 07h27
A- A+

Você já viu um fantasma? Você já ouviu falar, isso sim. No entanto, ver, fazer selfie com o enviado do além, isso ninguém ainda conseguiu. Nem vai conseguir, simplesmente porque não existem fantasmas. Se existissem haveria vida pós-morte.

 

Crescemos ouvindo histórias da mula-sem-cabeça, noiva vestida de branco saindo do portão principal do cemitério à meia-noite, baboseiras desse tipo, todas criadas por abobados. 

 

Toda essa conversa enjoada, leitora, leitor, manifesta-se diante da machete “Dicas para limpar energeticamente a casa ou apartamento para onde você vai se mudar”. Limpeza energética, o que é isso? Quer dizer que os antigos moradores da casa, do apartamento, deixam, deixaram suas “energias” no ambiente? Francamente! Essas energias só existirão se a pessoa, a nova moradora, acreditar nisso.

 

Se você acreditar, pode fazer a limpeza que quiser, não vai resultar em nada. Quando nossa cabeça acredita em alguma coisa, essa coisa “existe”. Só existe no mundo ou na vida o que está em nossa “cachola”. Não estando, sigamos em frente. Passar por baixo de escada dá azar? Quem prova isso? Gato preto dá azar… Quem dá azar é quem acredita nisso.

 

Antes de nascer, todos somos “não-existentes” e depois do último suspiro todos voltaremos a ser o que já fomos: nadas. Crer ou não crer, viver bem ou viver mal, depende da cabeça. Só dela, a nossa rainha-mãe.

 

Usar para o bem 

 

Ainda sobre o assunto aí de cima, me pergunto: por que os que acreditam em forças sobrenaturais, em lendas, nisso ou aquilo, não usam a mente para produzir bons pensamentos, boas energias? Viver com disposição, otimismo, melhora nosso psicofísico, e não será preciso danar o organismo com ansiolíticos. 

 

Será tarde demais 

 

Muitos já viajaram – outros estão arrumando as malas. Vão passar o “feriadão” nas praias. Quem disse que a segunda-feira entrou no feriado? Pois é, mas a brasileirada quer lazer, sol e cerveja. Desinformados. Depois não reclamem dos hospitais lotados; a pandemia está longe do fim

* Os textos dos colunistas e blogueiros não refletem, necessariamente, a opinião do Portal MaisPB

MaisTV

Polícia investiga homicídio de gêmeos e bebê na PB

EM ITABAIANA - 08/12/2021

Opinião

Paraíba

Brasil

Fama

mais lidas