João Pessoa, 03 de junho de 2021 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
acidente trágico

Bombeiros resgatam corpo de criança no Rio

Comentários:
publicado em 03/06/2021 às 10h32
atualizado em 03/06/2021 às 10h04
A- A+
Foto: Reuters/Ricardo Moraes

O secretário de Estado de Defesa Civil do Rio de Janeiro e comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Leandro Monteiro, informou que uma menina com idade entre 2 e 3 anos foi retirada sem vida dos escombros do desabamento do prédio na comunidade Rio das Pedras, na zona oeste do Rio.

O corpo da criança, segundo o coronel, foi levado para o Instituto Miguel Couto, na zona norte do Rio. O coronel informou que o trabalho dos bombeiros continua para resgatar um homem de aproximadamente 30 anos que, segundo a vítima retirada durante a manhã, também está soterrado. “Não posso informar se a vítima está com vida ou sem vida. É um lugar de difícil acesso, mas acredito que nos próximos minutos terei uma informação mais concreta para passar para vocês”, disse em entrevista no local.

Mais cedo, os bombeiros resgataram a mulher que estava sob escombros. Depois de passar por um primeiro atendimento, as equipes colocaram a vítima em uma maca e a levaram de ambulância para um helicóptero, sendo transportada para o Hospital Miguel Couto, na Gávea, zona sul do Rio, referência em traumas.

Ainda sob os escombros, segundo o secretário da Defesa Civil do Rio e comandante do Corpo dos Bombeiros, coronel Leandro Monteiro, a vítima foi estabilizada e manteve contatos visual e verbal com a equipe dos bombeiros. A mulher recebeu oxigênio e soro.

O secretário relatou que havia uma dificuldade muito grande na retirada da mulher porque parte da laje estava sobre o quadril dela. “É um trabalho de muita dificuldade, de muito risco e o Corpo de Bombeiros tem que trabalhar com muita calma, muita paciência. Acredito que em poucas horas vamos conseguir retirar essas três vítimas que estão sob escombros”, disse ele pouco antes do resgate.

Polícia Civil
A 32ª DP (Taquara) instaurou inquérito para apurar as circunstâncias do desabamento do prédio. Segundo a Secretaria de Polícia Civil do Rio, equipes da delegacia estão no local para identificar testemunhas e vítimas. A perícia será realizada assim que os bombeiros terminarem o trabalho.

A prefeitura ainda não confirmou a situação do prédio que desabou, mas há muitas construções irregulares na região. Em abril de 2019, dois prédios irregulares desabaram na comunidade vizinha da Muzema e provocaram a morte de 24 pessoas.

Agência Brasil

MaisTV

“Nordeste não é problema, é solução”, diz João Dória

AGENDA NA PARAÍBA - 23/10/2021

Opinião

Paraíba

Brasil

Fama

mais lidas