João Pessoa, 02 de abril de 2021 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora

Ex-deputado federal, empresário e escritor. E-mail: chicoevangelista@globo.com

Somente Deus

Comentários:
publicado em 02/04/2021 às 07h31
atualizado em 02/04/2021 às 05h04
A- A+

Estamos vivendo em uma semi-prisão imposta ilegalmente contra os que produzem bens e serviços e os esquecidos que lutam pelo seu sustendo no dia a dia. Esses merecem defesa porque precisam trabalhar hoje para terem o que comer amanhã.
Vivemos uma hora de extrema dificuldade imposta pelos desgovernos de vários presidentes. Recentemente eu li uma entrevista do professor Cristovam Buarque (foto), ex-petista e ex-ministro de Educação do Governo Lula, que passo a comentá-la.
O mestre e ex-reitor da Universidade de Brasília, afirmou: “Caímos na corrupção adotando todos os meios corruptos, trocando prioridades básicas como construção de hospitais e escolas por estádios de futebol para atender fins eleitorais da sociedade e receber propinas dessas construções. Fizemos isso para atender a promiscuidade entre o nosso governo e as empreiteiras, permitindo o roubo do dinheiro público para financiar campanhas eleitorais e enriquecer pessoas muitas delas do nosso bloco. Perdemos a ética e a moral e não estávamos preparados para recuperar os fracassos dos governos que se sucederam entre 1992 a 2018. Perdemos a campanha. O eleitor fugiu de nós.”.
Se analisarmos sem paixão esses 26 anos desses governos, houve uma sucessão de escândalos onde foi perdido a ética, prevalecendo a falta de competência que degradou o estado com recessão, desemprego, violência e tirania.
Após 2018 com as novas eleições surgiu uma luz na consciência do povo brasileiro por uma nova ordem, onde a lisura, respeito, bom senso, seriedade prevalecessem e longe de todos ficassem a mentira, o ódio, a traição, o furto, a estupidez e a desunião.
Temos um governo, por não admitir o furto está sendo impedido de governar. Para agravar a situação surgiu a pandemia, onde as autoridades não se entendem.
O STF assumindo as funções dos 3 poderes. Governadores e prefeitos cada um agindo de acordo com suas vontades e interesses, deixando muitas vezes de dar prioridade a vida.
A liberdade de ir e vir foi abolida sumariamente. As mortes e o desemprego, nos entristecem e nos envergonham. O Congresso cada vez mais cede as suas funções por omissão deliberada ou outros interesses.
Há um desrespeito completo a constituição e as leis vigentes do país. Recorrer a quem? Somente Deus que Tudo Pode e Sabe Deverá Mostrar o Nosso Caminho.
Vamos acreditar e confiar em quem pode. Somente Deus!

* Os textos dos colunistas e blogueiros não refletem, necessariamente, a opinião do Portal MaisPB

error: Alerta: Conteúdo Protegido !!