João Pessoa, 27 de janeiro de 2021 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
R$ 1.300

Paraibano faz alerta após sofrer golpe pelo ‘zap’

Comentários:
publicado em 27/01/2021 às 16h53
A- A+
Imagem: ilustração

Vítima de um golpe pelo aplicativo de Whatsapp, um publicitário paraibano prestou queixa na última semana à polícia após transferir R$ 1.300 acreditando que seria para uma amiga.

Ao Portal MaisPB, a vítima, que não quis se identificar, relatou que o golpista agiu de maneira fria iniciando uma conversa naturalmente, como se tivesse uma intimidade.

“O golpista agiu de maneira fria. Ele iniciou a conversa naturalmente, perguntando como eu estava, fala um pouco da vida. De modo que a pessoa não perceba. As respostas eram sempre amplas para que a pessoa não perceba o golpe. Depois da conversa inicial, surge o pedido de ajuda. É aí que vem o golpe, com toda aquela conversa, só agindo frio pra não cair no golpe. O golpista toda história e pede o valor dizendo que pagará no dia seguinte. Infelizmente acabei caindo nessa cilada. O que recomendo? Ao perceber o golpe, fazer imediatamente um BO e ligar pra o atendimento do Banco e registrar a ocorrência. Ainda não tenho a certeza do estorno, mas estou na tentativa”, contou.

Uma pesquisa realizada em 2019 pela PSafe, empresa especializada em segurança digital, revelou que 8,5 milhões de brasileiros já sofreram o golpe da clonagem de WhatsApp.

Segundo a pesquisa, 26,7% dos entrevistados apontaram o vazamento de conversas privadas como o principal prejuízo da clonagem de WhatsApp, seguido de envio de links com golpes para outros contatos (26,6%); solicitações de dinheiro aos amigos (18,2%), perda da conta do WhatsApp (18,0%); e chantagem (10,5%).

MaisPB

error: Alerta: Conteúdo Protegido !!