João Pessoa, 01 de janeiro de 2021 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
novo prefeito da capital

Novo prefeito diz que João Pessoa “tem pressa”

Comentários:
publicado em 01/01/2020 às 19h12
atualizado em 02/01/2020 às 05h35
A- A+

Cícero Lucena (Progressistas) e Leo Bezerra (Cidadania) foram empossados nesta sexta-feira (1º) para os cargos de prefeito e vice-prefeito, respectivamente, de João Pessoa. Ambos vão comandar a maior cidade do estado até 31 de dezembro de 2024.

Ele garantiu que a prioridade será cuidar dos efeitos da pandemia da Covid-19, criando um comitê de enfrentamento ao coronavírus. “Nossas decisões serão sempre ouvindo a ciência”, destacou.

Lucena disse que buscará ofertar vaga para todas as crianças na rede municipal de ensino e anunciou que “vai retomar as aulas de forma segura”.

Ele também prometeu zerar as filas dos exames e saúde, retomar o programa pão e leita, atrair investidores.

“Vamos trazer solução para todas as ruas de João Pessoa que não tem cobertura de calçamento. Garantir infraestrutura em todos os bairros, vamos cuidar das pessoas. A partir de hoje eu sou prefeito de toda João Pessoa”, disse.

“Volto no tempo de Deus, diante desse povo com a mesma humildade. João Pessoa precisa de cuidado e seu sei como fazer. João Pessoa tem pressa. A cidade não pode esperar”, completou.

Agradecimentos 

Emocionado, Cícero agradeceu à família, em especial a primeira-dama da Capital, Lauremília Lucena, além de políticos, como a senadora Daniella Ribeiro (Progressistas), do deputado federal Aguinaldo Ribeiro (Progressistas) e o governador João Azevêdo (Cidadania), que, segundo Lucena, “desde o início acreditou na construção de uma João Pessoa mais humana”.

“É difícil traduzir em palavras o sentimento dessa hora. Não há texto que possa traduzir a importância desse momento na minha vida pública. João Pessoa, voltei determinado a fazer o melhor governo da minha vida, ciente do desafio que é cuidar da nossa cidade. Não temo os problemas, para eles eu mostro o tamanho do meu Deus. Caminhei pelos bairros e ouvi as pessoas. Encontrei esperança e apoio. As lágrimas do passado e a dor das injustiças ficaram para trás. Quando tudo parecia silêncio surgiu o chamado e eu estou aqui para cumprir essa missão. Eu disse sim”, afirmou.

Eleição em 2020

Cícero e Leo foram eleitos em 29 de novembro de 2020 com 53,16% dos votos numa disputa contra o radialista Nilvan Ferreira (MDB).

MaisPB

error: Alerta: Conteúdo Protegido !!