João Pessoa, 21 de outubro de 2020 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
SÉRIE DE Entrevistas RedeMais

Policiais: João rejeita comparação com Wallber

Comentários:
publicado em 21/10/2020 às 12h50
atualizado em 21/10/2020 às 09h52
A- A+

Abrindo a série de entrevistas do programa Hora H e Portal MaisPB com os candidatos a prefeito de João Pessoa, João Almeida (SD) revelou que foi ‘assediado’ para não disputar as eleições e apoiar um dos nomes que concorrem no pleito da Capital.

“Tentaram me seduzir algumas vezes. Mas não estava ali à venda, nem barganhando candidatura nenhuma. Ofereceram-me vaga de deputado e para desistir da campanha. Neguei todas elas. João Pessoa não merece esse tipo de negociação e barganha. A minha candidatura era e sempre foi pra valer”, disse João Almeida, que na Assembleia é suplente de três deputados: Moacir Rodrigues (PSL), Cabo Gilberto (PSL) e Eduardo Carneiro (PRTB).

Sobre as propostas para João Pessoa, João Almeida apresentou ideias para geração de empregos através do turismo, para a segurança e saúde.

“João Pessoa na nossa gestão vai ser talvez o maior potencial turístico do Brasil. E isso gera emprego e renda. É aí que eu vejo o viés de recuperação financeira e econômica de nosso estado”, pontuou.

Para a saúde, ele defendeu um checape clínico anual para todos os usuários dos serviços com idade acima de 40 anos e, segundo ele, ao custo de 5% dos recursos utilizados na pasta. Além disso, ele quer a informatização de toda rede de saúde para possibilitar o acompanhamento das atividades e permitir que o cidadão possa agendar, por exemplo, uma consulta pelo celular e firmar convênios com clinicas particulares para desafogar espera por procedimentos na rede municipal.

Em relação à segurança, ele propõe dobrar o número de câmeras de monitoramento da Secretaria de Mobilidade Urbana fazendo uma interligação com órgãos como a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e levar para toda a cidade projeto social semelhante ao que seu gabinete de vereador acompanha na Ilha do Bispo, na Zona Oeste.

“Tiramos o bairro de um dos mais violentos para ser um dos mais tranquilo. Tirando as crianças das garras da criminalidade. Ninguém nasce bandido. Essa experiência eu quero levar para toda a cidade”, destacou.

MaisPB

Comentários

Em respeito a Legislação Eleitoral, os comentários estão temporariamente suspensos.

error: Alerta: Conteúdo Protegido !!