João Pessoa, 21 de janeiro de 2013 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
DESBARATADA

Quadrilha de traficante presa na cidade de Patos era comandada por uma mulher

Comentários:
publicado em 21/01/2013 às 14h31
A- A+

 Na manhã desta segunda-feira (21), o responsável pela da 5ª Delegacia Regional da Polícia Civil de Patos, delegado Danillo Orengo, apresentou à imprensa informações sobre as prisões ocorridas na última sexta-feira (18) durante a Operação ‘Pistola Negra’.

A ação da Polícia Civil aconteceu depois de dois meses de investigação e resultou na expedição de 13 mandados de prisão preventiva e 9 de busca e apreensão. Na ocasião, foram presos Flávia Leite Batista, gerente do tráfico acusada de fornecer armas e drogas; Maria do Desterro Leite Araújo, Fernanda Batista Leite Adjunto (irmã de Flávia), José Geneton Alves Da Silva (esposo de Fernanda), Thatielly Simões De Oliveira, e mais quatro pessoas que já se encontram recolhidos nos presídios do estado da Paraíba.

De acordo com o delegado Danillo Orengo, foram apreendidos aproximadamente 3kg de maconha, munições e duas pistolas .40 pertencentes a Secretaria de Segurança do Estado, e uma pistola 380, com a numeração raspada. Segundo Orengo, uma das armas foi subtraída de dentro de um veículo em Itaporanga pertencente a um delegado da Polícia Civil.

“A droga chegava a Patos e era distribuída para outras pessoas, que eram os tentáculos da ação criminosa”, disse o delegado. Para Danilo, o tráfico de droga está ligado aos homicídios e o fato de retirar de circulação as armas de fogo, representa um fator positivo na diminuição de crimes violentos letais intencionais.

A operação terá continuidade, tendo em vista que a qualquer momento alguém pode ser preso. Todas as pessoas presas na sexta-feira durante a operação foram levadas para os presídios regionais de Patos.

As pessoas na operação responderão pelos crimes de formação de quadrilha, por tráfico de drogas, associação ao tráfico e pelo crime de corrupção de menores, ficando à disposição da Justiça.

A Operação foi coordenada pelo Delegado Regional, Danillo Orengo, e pelo Delegado de Homicídios, Jorge Luís, mobilizando vários Policiais Civis, inclusive o GTE- Grupo Tático Especial da Regional de Patos/PB.

MaisPB com Acilene Candeia da Rádio Sertão AM em Patos 

error: Alerta: Conteúdo Protegido !!