João Pessoa, 03 de fevereiro de 2013 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
INSPIRADO

Sem mandato, ex-vereador evangélico de JP posta texto sobre ‘coisas do coração’

Comentários:
publicado em 03/02/2013 às 14h51
A- A+

Derrotado nas urnas nas eleições municipais de 2012, mesmo sendo o 10º candidato que obteve a maior votação para a Câmara de João Pessoa ( 4.756 votos), o ex-vereador Miguel Arcanjo (PRB) literalmente ‘abriu’ o coração na tarde deste domingo (3).

Em seu blog na Internet, o pastor postou um texto onde faz uma análise sobre às ‘coisas do coração’.

Citando versículo bíblico, Arcanjo diz que o coração do homem é o centro de dos sentimentos e das emoções e por onde “procedem os maus desígnios, adultérios, prostituição, furtos, falsos testemunhos, blasfêmias”.

Mais adiante, o pastou comparou o órgão vital a uma caixa forte, onde o ser humano guarda todos os seus tesouros para não perder nenhum deles.
“Elas não admitem, em hipótese alguma, perder um único bem do coração, e quando isso acontece, elas colocam em risco todos os demais bens, e o que é pior: A SUA PRÓPRIA”, escreveu.

Pastor da igreja evangélica Universal do Reino de Deus, Arcanjo disse que só Jesus pode cuidar do coração das pessoas e deixar em segurança, mas, o ser humano “tem resistido em entregar o coração aos cuidados por não confiar plenamente no Seu poder de dirigi-lo à felicidade”.

Confira abaixo a explanação do ex-vereador na Íntegra

O coração humano é o centro dos sentimentos e das emoções; o lugar de onde “procedem maus desígnios, adultérios, prostituição, furtos, falsos testemunhos, blasfêmias” (Mt.15:19), e que tem contaminado o próprio homem.

O coração é uma espécie de caixa forte do ser humano, onde ele guarda todos os seus tesouros, ou seja: seus entes queridos, seu dinheiro, sua casa, sua posição social, seus conhecimentos intelectuais, seu automóvel, amigos, amantes, etc. Entretanto quando ele está por perder um destes bens ou chega mesmo a perder, então ele cai em depressão e as vezes até se desespera ao ponto de pensarem suicídio. Aí está a razão porque a maioria das pessoas entram em pânico na vida! Elas não admitem, em hipótese alguma, perder um único bem do coração, e quando isso acontece, elas colocam em risco todos os demais bens, e o que é pior: A SUA PRÓPRIA VIDA!

Quando o Senhor Jesus requer o nosso coração, é justamente para fazer-nos evitar esse tipo de problema na nossa vida, porque uma vez o nosso coração deixado aos Seus cuidados cem por cento, então Ele por sua vez não permitira que o nosso coração, que é o centro da nossa própria vida, venha se colocar em risco por qualquer pessoa ou cousa neste mundo. Alguém poderá dizer: E minha mãe? E meu pai? E meus filhos? A verdade é que se nós os amamos e realmente queremos ajudá-los, então primeiro temos que estar salvo! Ou como podemos salvar alguém que está se afogando se estamos afogando juntos?! Não podemos! Primeiro temos que estar firmes em terra, para então ajudar aqueles que estão sendo arrastados pelas correntezas, do contrário seremos arrastados juntos.

Eu creio que é por aí que podemos ajudar outras pessoas. Mas o que acontece?, infelizmente o ser humano não tem medo de entregar o coração as outras pessoas, que, diga-se de passagem, são as mesmas que as tem decepcionado e as feito sofrer tanto, mas tem resistido em entregar o coração aos cuidados do SENHOR JESUS por não confiar plenamente no Seu poder de dirigi-lo à felicidade.

Apesar do coração ser um campo onde se concentram todos os sentimentos, quer seja bons ou maus, ainda assim ele se constitui o lugar onde Deus fala com o homem. Quando o Senhor Jesus disse “Bem-aventurados os limpos de coração, porque verão a Deus” Mt.5/8, Ele estava se referindo ao fato de que quando o coração está sujo ou contaminado de maus desígnios, mágoas, contendas, cobiças, ou cousas semelhantes, este coração jamais estará apto para ouvir a voz de Deus ou vê-lo operando maravilhas em sua própria vida, e esta é a razão porque nem todas as pessoas que foram seladas com o Espírito Santo têm-se desenvolvido na obra de Deus com o mesmo sucesso. É profundamente lamentável que as pessoas que tem o mesmo Espírito do Senhor Jesus não tenha tido a mesma desenvoltura no seu trabalho do que a outra, que inclusive começou bem mais tarde do que ela. O grande problema é o coração! Não adianta a pessoa cujo coração esta manchado ser fiel a Deus apenas na carne. Ela pode até fazer de tudo direitinho, mas se o seu coração estiver corroído por qualquer sentimento mau, de nada adiantará. Por esta razão todo o seu trabalho será em vão, os seus frutos nascerão podres, e o seu fracasso será inevitável.

Não é preciso dizer que a única maneira para que venhamos ser aproveitável nas mãos de Deus, é ter o nosso coração completamente limpo e cem por cento nas mãos de Deus. A mágoa ou qualquer outro sentimento mau dentro do coração é como uma comida estragada dentro do estômago, não adianta tomar nenhum remédio, o único jeito é estimular o vômito e colocar para fora o que esta estragado, enquanto aquela comida estragada não for expelida, a pessoa vai sentir toda sorte de mal-estar. O Espírito Santo diz: “Examine-se o homem a si mesmo…” O coração e individual, ninguém pode limpar o coração alheio, nem Deus, Ele mostra o erro, mas cabe a cada um de nós corrigi-lo despojando-o de tudo que impede a morada do Espírito de Deus nele.
Que Deus nos dê humildade no coração para reconhecermos os nossos erros e corrigi-los a tempo…

“Dá-me, filho meu o teu coração, e os teus olhos se agradem dos meus caminhos.” (Provérbios 23/26)

MaisPB
 

error: Alerta: Conteúdo Protegido !!