João Pessoa, 03 de fevereiro de 2013 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
NESTE DOMINGO

Soldado atropelado por bêbado em JP é enterrado; Ricardo esteve no velório

Comentários:
publicado em 03/02/2013 às 20h08
A- A+

 O policial militar, Michel Márcio da Silva Nascimento, de 29 anos, foi enterrado na tarde deste domingo (3) no Cemitério Senhor da Boa Sentença, em João Pessoa, com honraria militar e muita comoção. O soldado que pertencia a Rotam morreu ao ser atropelado por um motorista embriagado na noite do sábado (2) quando fazia ronda no bairro de Mangabeira. Outros três PMs também ficaram feridos.

O velório do policial, que aconteceu na residência dos seus pais, na ilha do bispo contou com a presença do governador Ricardo Coutinho que foi prestar solidariedade a família do militar. O governador estava acompanhado do comandante da Polícia Militar na Paraíba, coronel Euller Chaves.

Governador foi a casa do sparentes do soldado prestar solidariedade (foto: Twitter @emersonmofi)

O corpo de Michel Márcio seguiu em um carro do Corpo de Bombeiros até o Senhor da Boa Sentença onde o os parentes, amigos e companheiros de corporação fizeram as últimas homenagens ao soldado.

Corpo do policial seguiu em em viatura do Corpo de Bombeiros  (foto: Aguinaldo Mota/190PB)

Entenda o caso

O soldado da Rota, Michel Márcio da Silva Nascimento, de 29 anos, morreu na noite do sábado (2) após ser atropelado por um veículo pilotado por um homem embriagado no bairro de Mangabeira, na zona Sul da Capital paraibana.

A morte de Michel aconteceu poucos dias após entrar em vigor novas regras que endurecem as penalidades pela ‘Lei Seca’. Outros três policias também foram atropelados e socorridos para o Hospital de Traumas de João Pessoa.

O soldado não resistiu aos ferimentos e morreu (foto: @BPTranPB )

O soldado Michel Márcio da Silva, 29 anos, que era logado no 5º Batalhão de Policia Miltiar da Capital, estava a serviço com seus companheiros fazendo o policiamento do bairro em duas motocicletas, quando foi surpreendido por um veículo modelo Fiat Pálio , de cor azul e placas MNE 8862-PB, pilotado por Valdivan Soares Diniz, saindo de uma rua em alta velocidade.

O condutor não teria observado a sinalização e colidido violentamente contra os policiais. O soldado, que estava lotado no 5º Batalhão de Polícia Militar, em João Pessoa, ainda foi socorrido para o Hospital de Trauma de João Pessoa junto com os companheiros, mas, não resistiu aos ferimentos e morreu. Os outros feridos não correm risco de morte.

Soldado estava lotado no 5º Batalhão de Polícia Militar e pertencia a Rotam (Foto: divulgaçao PM)

Já o condutor do carro foi preso e levado para a 9ª Delegacia Distrital, no bairro de Mangabeira.

Através do Twitter, a Policia militar, declarou neste domingo que a perda do soldado entristece a alegria do aniversário da Instituição, que completa hoje 181 anos. "A Polícia Militar está de luto", diz o posta da PM.

Ainda no Twitter, o comandante do 2º BPM, em Campina Grande, tenente coronel Souza Neto, lamentou a morte do soldado considerando uma “perda imensurável”.

De acordo com Souza Neto, Michel Márcio da Silva foi seu aluno no curso da Rotam em João Pessoa e se apresentava como um jovem “esforçado” e “vibrador”.

“A instituição está em luto.Perda imensurável. Vai com Deus irmão”, postou.

MaisPB

com Portal Correio 

error: Alerta: Conteúdo Protegido !!