João Pessoa, 06 de fevereiro de 2013 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
POLÊMICA

Pastor defende que pessoas ‘aprendem’ a ser gays; você concorda?

Comentários:
publicado em 06/02/2013 às 14h34
A- A+

O pastor Jode Miranda esteve no programa Correio Debate desta quarta-feira (06) para tratar de um assunto controverso: a homossexualidade. Além de balizar seus argumentos em suas crenças religiosas, o evangélico ainda usou sua condição de ‘ex-gay’ para defender suas convicções, uma delas bastante polêmica: afirma que a opção de “ser gay” é fruto de um ‘aprendizado’, e não de uma condição hormonal ou genética.

Falando com a propriedade de quem se disse vítima de um estupro quando ainda era criança (quando foi molestado sexualmente por seu vizinho advogado) o religioso não titubeou ao defender que não faz sentido a teoria que os homossexuais nascem com tal desejo, mas que esses ‘aprendem’ a gostar das pessoas do mesmo sexo. Sendo assim, complementa o pastor, isso pode ser ‘desaprendido’.

“Isso não tem nada a ver com genética. É algo comportamental é uma conduta aprendida e pode ser repreendida”, disparou o religioso ‘ex-gay’, declarando mais adiante: “Nos precisamos olhar para essas pessoas com misericórdia e compaixão”.

Ainda sobre o assunto, e questionado como “pastor de suas ovelhas”, o religioso afirmou que as igrejas cristãs não estão preparadas para ajudar pessoas ‘assim’, já que lhes carece estrutura espiritual, emocional e psicológica para lidar com a questão.

MaisPB
 

error: Alerta: Conteúdo Protegido !!