João Pessoa, 03 de dezembro de 2019 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
racha na base governista

Jeová: ‘Tenho que seguir as orientações do PSB’

Comentários:
publicado em 03/12/2019 às 14h04
atualizado em 03/12/2019 às 14h12
Deputado Jeová Campos (foto: arquivo)

Após o governador João Azevêdo anunciar a desfiliação do Partido Socialista Brasileiro (PSB), o deputado estadual Jeová Campos (PSB) revelou que continua com o gestor até que o partido dê as próximas orientações.

A declaração foi dada após João anunciar, por meio de uma carta, a desfiliação. O gestor afirmou que esperou o restabelecimento do diálogo no PSB, mas, diante da falta de autocrítica depois da intervenção no Diretório Estadual, sai da legenda “em busca da democracia perdida”.  A decisão do governador foi tomada após o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) sacramentar o rompimento político com seu antecessor.

Jeová explicou que por ter sido eleito fazendo campanha para o governador, na época candidato do PSB, ele continuará ‘cumprindo’ com o papel: “Fui eleito fazendo campanha para João Azevedo e até agora minha compreensão é que tenho um compromisso com a governabilidade na Paraíba, mas entendo como homem do PSB, que tenho que seguir as orientações do partido”, disse.

O parlamentar ainda declarou que o processo de desfiliação não é ‘ruim’ para o partido mas também ‘muito ruim’ para João Azevêdo. Ele defende que haja um diálogo entre as bases de liderança para continuar mantendo o crescimento do Estado, por meio do socialismo.

“Precisamos pegar as bases de liderança e dialogarmos sobre qual o posicionamento para com o governador, espero que o partido faça uma avaliação a partir daquilo que a base política pensa para construir uma linha política que possa congregar aqueles que tenham interesse em continuar com o socialismo na Paraíba”, disse.

MaisPB

Certificado digital mais barato para advogados e contadores Clique e saiba como adquirir

Leia Também