João Pessoa, 06 de maio de 2013 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
PARA O SOLIDARIEDADE

EXCLUSIVO: Mais um parlamentar do PMDB trabalha para deixar o partido

Comentários:
publicado em 06/05/2013 às 21h14
A- A+

 O vereador João Almeida trabalha para deixar o PMDB antes de outubro. O objetivo do parlamentar é migrar para uma nova legenda que está sendo criada pelo deputado federal Paulo Pereira da Silva (PDT-SP), o Paulinho da Força.

Solidariedade, este deve ser o nome da legenda que está sendo fundada no país. Paulinho da Força tem dito a aliados que já tem cerca de 500 mil assinaturas para criar seu partido e Almeida já teria entrado em contato com os articuladores da legenda para fundar o Solidariedade na Paraíba.

Chateado com a falta de rotatividade na presidência do PMDB, João Almeida tem defendido que outra pessoa assuma o PMDB de João Pessoa, que hoje é comandado pelo deputado federal Benjamim Maranhão, presidente de uma Comissão Provisória.

O vereador tem deixado escapar nos bastidores que pretende migrar para um novo partido e assim ficar livre da infidelidade partidária. Ele pretende sair do PMDB antes de outubro, acontece que o vereador quer ser candidato a deputado em 2014.

Quem também deve deixar o PMDB é o deputado federal Wilson Filho. O parlamentar chegou a articular sua ida para o Mobilização Democrática, criado com a fusão do PMN e PPS, porém caso não consiga viabilizar a ida para o MD, o caminho adotado deve ser o do PTB, partido presidido pelo seu pai, Wilson Santiago.

Como fundar um partido – Para fundar um partido é preciso apresentar cerca de 500 mil assinaturas certificadas por cartórios eleitorais ao TSE. Antes, é preciso oficializar a abertura de diretórios em ao menos nove Estados. Esses diretórios só podem ser fundados após a sigla obter a assinatura de apoio de 0,05% dos eleitores do local.

MaisPB

error: Alerta: Conteúdo Protegido !!