João Pessoa, 18 de abril de 2019 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
investigação

Ex não queria reatar relacionamento

Comentários:
publicado em 18/04/2019 às 19h40
atualizado em 19/04/2019 às 09h25

Antes de matar a ex-esposa e tirar a própria vida com um tiro na cabeça, o empresário Marconi Alves Diniz se despediu dos familiares. O delegado Diego Garcia afirmou que o fato indica que foi um crime premeditado.

Ainda segundo o delegado, familiares do empresário não desconfiavam que ele teria uma atitude como a que teve na manhã desta quinta (18). “Ele não demonstrava agressividade contra a ex-companheira, apenas ciúmes, mas nada que indicasse que chegaria a esse ponto”, conta o delegado.

Ainda de acordo com o policial, Tâmara de Oliveira, de 37 anos, informou aos familiares que estava decidida a não reatar o relacionamento e seu posicionamento ‘abalou emocionalmente’ o ex-companheiro.

Relembre

Um homem matou ex-companheira e se suicidou após cometer o crime, nesta quinta-feira (18) no bairro da Torre, em João Pessoa. O homem, identificado como Marconi Alvez Diniz, tinha aproximadamente 70 anos, já a vítima, Tâmara de Oliveira, de 37 anos. Eles estavam em processo de separação.

O filho do autor do crime chegou a socorrer a vítima, mas ao chegar no hospital foi constatado o óbito dela.

Ao Portal MaisPB, a Polícia Militar informou que o crime aconteceu em frente à loja da família do autor do crime, que estava em funcionamento. Os funcionários da loja de veículos e os moradores do bairro ouviram os disparos, mas, quando chegaram ao local encontraram os corpos.

MaisPB

Certificado digital mais barato para advogados e contadores Clique e saiba como adquirir

Leia Também