João Pessoa, 02 de maio de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
AÚDIOS

Reforma tramitará sem urgência, afirma Cássio

Comentários:
publicado em 02/05/2017 às 18h06
atualizado em 03/05/2017 às 09h34

A Reforma Trabalhista não deve ser votada com urgência no Senado. É o que avisou o senador paraibano Cássio Cunha Lima (PSDB) ao presidir reunião do Colegiado de  Líderes, nesta terça-feira (2), em substituição a Eunício Oliveira (PMDB), que está tratando de saúde.

Em entrevista coletiva, Cássio Cunha Lima disse que cabe ao plenário da Casa votar a urgência da matéria,   mas ele defende um debate amplo  e  sem que represente uma retardação em sua apreciação. Para Cássio, a Reforma também só precisa  passar pelas comissões de Assuntos Econômicos e de Legislação Trabalhista.

Escute

Ainda durante a entrevista, o tucano disse acreditar que o Senado  manterá o texto provado na Câmara Federal. De acordo com Cássio, qualquer modificação faria a matéria retornar para nova apreciação dos deputados. Ele também defendeu que o trabalho relatado pelo parlamentar,  Rogério Marinho (PSDB)  na Câmara  não necessita ser mudado.

Escute 

 

Roberto Targino – MaisPB

Certificado digital mais barato para advogados e contadores Clique e saiba como adquirir

Leia Também