João Pessoa, 30 de junho de 2016 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
rio 2016

Prass será o brasileiro mais velho na história do futebol olímpico

Comentários:
publicado em 30/06/2016 às 15h48
A- A+
Foto: Cesar Greco / Fotoarena

Ao lado de Neymar e Douglas Costa, Fernando Prass foi um dos três convocados acima dos 23 anos para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Aos 37, o experiente goleiro do Palmeiras vai se tornar o brasileiro mais velho na história a defender a seleção de futebol em uma Olimpíada.

Antes do camisa 1, o jogador mais velho a atuar pelo Brasil no futebol olímpico foi Bebeto. O camisa 7 tinha 32 anos nos Jogos Olímpicos de Atlanta-1996.

Nascido em 9 de julho de 1978, Prass completará 38 anos antes dos Jogos do Rio. Com isso, ele terá o dobro da idade de Gabriel Jesus (19), seu companheiro no clube alviverde e também convocado pelo técnico Rogério Micale.

Quando o atacante nasceu, em 1997, Prass tinha 18 anos e ainda estava nas categorias de base do Grêmio. Ele só estreou nos profissionais em 1999.

“Depois de tudo que passei recentemente, batendo pênalti em uma final e sendo chamado para a Seleção olímpica, coisas que nunca imaginei, vou continuar trabalhando e deixar as coisas acontecerem. Se tiver um desempenho que me credencie e o técnico me achar merecedor, vou estar sempre sonhando”, afirmou o goleiro nesta quarta-feira, sobre a chance de defender a equipe principal.

Entre 2000 e 2001, foi emprestado pelo time tricolor ao Francana e Campinense antes de deixar o clube gaúcho. Depois, ainda atuou por Coritiba, União de Leiria-POR e Vasco até chegar ao Palmeiras em 2013.

A convocação para o Rio-2016 foi a primeira da carreira do goleiro. Antes disso, Prass nunca tinha sido chamado para jogar na seleção brasileira, nem mesmo nas categorias de base.

ESPN