João Pessoa, 22 de julho de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora

Administrador, pós-graduado em Planejamento Operativo, já atuou na administração pública federal, estadual e municipal. Ocupou por três mandatos o cargo de presidente do CRA-PB e de diretor do Conselho Federal de Administração. Diretor Institucional do SINTUR-JP de 1993 a 2016. Consultor em Administração, presentemente exerce as funções de vice-presidente da APCA (Academia Paraibana de Ciência da Administração). Contato: diretorexecutivoaetc@yahoo.com.br

As faixas exclusivas de ônibus

Comentários:
publicado em 15/12/2013 às 10h03
A- A+

A implantação de (mais) faixas exclusivas de ônibus do transporte coletivo urbano é o que muito se tem falado “Brasil afora” como uma ferramenta das mais importantes para, emergencialmente e com quase nenhum recurso financeiro, superar a crise da mobilidade urbana.

A cidade de São Paulo tem dado o maior exemplo nessa ação, estando próxima de alcançar 300 quilômetros de faixas exclusivas de ônibus até o final deste ano. Territorialmente comparando com a capital paraibana é como que se aqui estivéssemos alcançando uns 41 quilômetros de faixas exclusivas… e só contamos, até agora, com 2,5 quilômetros, estes implantados já há algum tempo e em relação aos quais toda a população pessoense (inclusive os condutores de automóveis) aplaudiu a iniciativa!

A cidade de Campina Grande que já contava com um pouco mais de faixas exclusivas de ônibus que João Pessoa, anuncia que em 1º de janeiro vai inaugurar mais 9 quilômetros de percurso com exclusividade para o transporte coletivo urbano. Por isto, da cidade campinense chegam notícias de que o atual superintendente da STTP (o órgão gerenciador do trânsito e transporte público), Vicente Rocha, vem sendo muito cumprimentado e incentivado a ainda mais ampliar as faixas exclusivas de ônibus, o que obviamente corresponde a aplausos e estímulos à administração do prefeito Romero Rodrigues de quem emanou e emana a diretriz nesse sentido.

Há uma expectativa muito grande, e reivindicação também, por parte das empresas do transporte coletivo urbano de João Pessoa, quanto à imediata implantação, pela SEMOB-JP, de faixas exclusivas para os ônibus. Não podem os ônibus, que transportam cerca de 70% das pessoas, continuarem, tanto quanto um automóvel que transporta uma a duas pessoas (por média), misturados e consequentemente presos nos congestionamentos de nosso trânsito! A maior das reclamações dos passageiros é do atraso ou demora das viagens. E esses passageiros não se lembram que quando estão em uma parada e seu ônibus não chega, é porque na maioria das vezes ele está preso nesses congestionamentos.

Mas, há uma boa expectativa quanto a SEMOB ampliar, já, as faixas exclusivas de ônibus, porquanto ela, mais que nós outros, conhece suas vantagens técnicas, especialmente as de que a implantação é feita em curto prazo, imediatamente atende à expectativa da população, não há necessidade de desapropriações, tem baixo custo, reduz o consumo de combustível e conseqüente emissão de poluentes (o que é importante em termos de qualidade de vida), além de diminuir em média 40% no tempo da viagem, com impacto positivo na mobilidade urbana! É só querer implantar. Sabemos que o prefeito Luciano Cartaxo, sintonizado com as aspirações das comunidades, assim o quer! E a cidade, toda, agradece!

Leia Também