09 de dezembro de 2016 - 02:43

última hora
30/11/2016 às 11h00 • atualizado em 30/11/2016 às 15h32

Derrotados, vereadores da Capital revelam o que farão a partir de 2017

Câmara Municipal de João Pessoa Câmara Municipal de João Pessoa

Após o insucesso nas urnas, no último dia 2 de outubro, três dos atuais vereadores de João Pessoa revelaram, em entrevista à MaisTV, canal de vídeo do Portal MaisPB, o que farão a partir do 1º de janeiro de 2017, quando estarão sem mandato na Câmara Municipal da Capital.

Dono de três mandatos na Câmara pessoense, Zezinho Botafogo, que também atua como presidente do Botafogo da Paraíba, disse que vai continuar servindo à cidade mesmo sem mandato. Ele lembrou que tem uma votação expressiva, ficando à frente de vários parlamentares eleitos para a próxima legislatura na Casa. “Continuarei colaborando, de cabeça erguida, e trabalhando para que a cidade continue se desenvolvendo”, afirmou.

Já o vereador Marmuthe Cavalcanti (PSD), disse que seu futuro está nas mãos de Deus, mas como funcionário efetivo da prefeitura de João Pessoa, vai voltar a atuar em sua antiga função. Ele também revelou o desejo de militar no Direito, área em que possui formação acadêmica.

Questionado sobre a possibilidade de continuar na Casa ou assumir algum cargo na gestão municipal, o vereador disse que está à disposição do prefeito e que se for convocado, voltará com muita honra. “Se for para colaborar com a gestão, também irei”, adiantou.

Outro vereador do PSD que não conseguiu a reeleição na Câmara, o professor Gabriel se disse tranquilo em relação ao futuro. O parlamentar é o 1º suplente de sua coligação e deve assumir a titularidade do mandato, caso o prefeito Luciano Cartaxo convoque algum vereador para uma secretaria.

Caso não retorne para a Câmara, Gabriel disse que vai continuar lecionando, já que é professor da rede municipal de ensino. Ele também pretende se manter no ramo da construção civil, onde mantém empreendimentos.

Sobre a expectativa de continuar no parlamento pessoense, o vereador disse que ainda vai conversar com Luciano Cartaxo para definir sua situação. ” Vai depender do prefeito, ele disse que ia conversar comigo, e estou no aguardo”, arrematou.

Veja vídeo:

MaisPB