06 de dezembro de 2016 - 11:05

última hora
19/10/2016 às 14h23 • atualizado em 19/10/2016 às 15h18

Líder da oposição insinua que Renato negociou silêncio com o PSB

renato

Apesar do recuo do vereador de João Pessoa, Renato Martins (PSB), suas denúncias sobre um suposto esquema de corrupção no PSB continuam repercutindo. Na tribuna da Assembleia Legislativa, durante a sessão ordinária desta quarta-feira (19), o líder da bancada de oposição, Renato Gadelha (PSC) insinuou que o socialista teria negociado o seu silêncio.

“Ele não pode negociar o seu silêncio, nem negociar a sua retratação. Fui ao Ministério Público Estadual com alguns deputados da oposição para pedir a apuração dos fatos, porque ele dava detalhes de como ocorria”, avaliou Gadelha.

Após perder as eleições, Renato Martins denunciou um suposto esquema de corrupção no PSB, envolvendo secretários estaduais para eleger vereadores do partido na Capital.

Depois de 15 dias das declarações, Martins culpou a emoção da derrota pelas declarações e disse que não autorizou a publicação dos áudios, vazados nas redes sociais, segundo ele, por um filiado do PSB, que agiu de má fé para lhe prejudicar.

MaisPB