João Pessoa, 21 de janeiro de 2016 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
Crise

FPF corre atrás de bolas

Comentários:
publicado em 21/01/2016 às 23h15
atualizado em 05/03/2016 às 13h56
A- A+

Se o Campeonato Paraibano começasse amanhã, as partidas não teriam bolas para ser disputadas. Isso porque a Penalty, fornecedora de pelotas nas últimas duas edições do Paraibano, não estaria disposta a atender a demanda atual da Federação Paraibana de Futebol (FPF), que é de três bolas por jogo para cada clube mandante.

“É feito um contrato de cessão das bolas para o campeonato e o número de bolas já vem na assinatura. Quantidade X para o Estadual”, explicou a assessoria de comunicação da FPF.

Com a Penalty distante, a FPF tem conversado desde dezembro com a Super Bolla, fornecedoras dos estaduais do Maranhão e do Ceará. O acordo, no entanto, ainda não foi firmado com a Paraibana.

O Campeonato Paraibano está programado para ter inicio no dia 30 de janeiro. Isso, claro, se tiver bola…

Certificado digital mais barato para advogados e contadores Clique e saiba como adquirir

Leia Também