João Pessoa, 03 de maio de 2024 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
operação

PF investiga influência política no crime organizado em João Pessoa

Comentários: 0
publicado em 03/05/2024 às 11h37
atualizado em 03/05/2024 às 08h58

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta sexta-feira (3), a Operação Mandare, em ação articulada com a Polícia Militar do Estado da Paraíba. Estão sendo cumpridos 18 mandados judiciais, sendo sete de prisão preventiva e 11 de busca e apreensão, além do bloqueio em contas bancárias. Cerca de 44 policiais federais e 40 policiais militares participam das diligências.

O objetivo desarticular e aprofundar a coleta de elementos de prova acerca de um grupo criminoso que atua em João Pessoa e Região Metropolitana.

A investigação teve início após se observar a intensa movimentação financeira do grupo investigado, uma vez que valeria de pessoas interpostas para operacionalizar valores referentes às atividades criminosas, especialmente o tráfico de drogas.

No decorrer da investigação, com o seu aprofundamento, foi observado que um preso do sistema penitenciário estadual, o qual tem posição de liderança em organização criminosa, articulou a obtenção de vantagens em órgão público, notadamente cargos, em contrapartida a apoio que dá a agentes públicos para adentrarem em comunidades controladas ou que sofrem forte influência do crime.

Estão sendo realizadas buscas na Secretaria de Saúde, na Empresa de Limpeza Urbana (EMLUR) e na Secretária de Direitos Humanos e Cidadania (SEDHUC).

A ação policial teve o apoio de dados de inteligência e de análise fornecidos pela Força Integrada de Combate ao Crime Organizado na Paraíba, a qual é composta pela Polícia Civil, Polícia Federal, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Secretaria Nacional de Políticas Penais – SENAPPEN, Secretaria de Estado da Segurança e da Defesa Social da Paraíba e Secretaria de Estado da Administração Penitenciária da Paraíba.

MaisPB