João Pessoa, 15 de abril de 2024 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
saúde

Dia Mundial da Criatividade: especialista reforça importância de estimular a criatividade para o cérebro

Comentários: 0
publicado em 15/04/2024 às 12h14

O Dia Mundial da Criatividade é celebrado em 21 de abril. A data foi criada através de uma resolução da Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU) com foco em estimular atividades de criatividade e inovação.

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, a criatividade é treinável. Para isso, é importante o estímulo de novas sinapses cerebrais.

O neurocirurgião, Luiz Severo, explica que, no campo cerebral, a criatividade está associada a uma maior atividade em regiões como o córtex pré-frontal (responsável pelo pensamento abstrato) e o córtex cingulado anterior (relacionado ao controle cognitivo).

“Estudos mostram que estados emocionais positivos, como a felicidade e o contentamento, podem aumentar a criatividade, enquanto estados emocionais negativos, como o estresse e a ansiedade, podem inibir o processo criativo. Isso ocorre porque as emoções afetam a atividade do sistema límbico, uma região do cérebro envolvida na regulação emocional”, afirma.

Além disso, a produção de bons hormônios auxilia na jornada do ser criativo. “A dopamina, um neurotransmissor associado à motivação e recompensa, desempenha um papel importante na geração de ideias. Quando estamos entusiasmados com um projeto ou tarefa, nosso cérebro libera dopamina, o que nos ajuda a manter o foco e encontrar soluções criativas”, explica.

Hábitos simples podem ajudar a estimular a atividade cerebral, a geração de dopamina e por consequência, cultivar o campo cerebral para produção de novos insights.

Exercícios físicos

O exercício físico regular aumenta o fluxo sanguíneo cerebral e estimula o crescimento de novas células e as conexões entre elas. Isso resulta em cérebros mais eficientes, maleáveis e adaptáveis. Ou seja, com melhor desempenho.

Qualidade do sono

A privação do sono compromete a memória e a criatividade, além das capacidades de aprendizagem, resolução de problemas e pensamento crítico.

Estudos mostram que o cérebro precisa de momentos de descanso (day off ou stops) e relaxamento para estimular a criatividade. Durante o sono ou atividades – como caminhar ou tomar banho – o cérebro continua a processar informações e fazer conexões, resultando em insights e ideias inovadoras.

Estímulo

Assim como o corpo, o cérebro também corre o risco de ficar “fora de forma” quando não é exercitado. Quanto mais você o desafia, melhor será a sua capacidade de processar informações. Exemplos de “ginásticas mentais” incluem ler, montar quebra-cabeças, jogar xadrez e resolver palavras-cruzadas.

Outros hábitos

Cuidar da alimentação, ter momentos de qualidade de convívio social, controlar o estresse e cuidar do coração também influenciam nesse processo.

MaisPB

MaisTV

Ministério Público cobra fiscalização e pede prisão para poluidores das praias

LANÇAMENTO DE ESGOTOS - 16/05/2024

Opinião

Paraíba

Brasil

Fama

mais lidas