João Pessoa, 14 de maio de 2012 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
DECISÕES NO PT

Aliados acusam Rodrigo Soares de usar de “dois pesos e duas medidas”

Comentários:
publicado em 14/05/2012 às 20h16

 Mais um dilema circunda o PT paraibano. Dessa vez a insatisfação partiu das entranhas do diretório estadual. Alguns integrantes estão divergindo da conduta do presidente Rodrigo Soares e prometem recorrer às instâncias nacionais. Hoje à tarde o secretário de organização estadual, Josenilton Feitosa, queixou-se do presidente afirmando que ele só se interessa em resolver as demandas do partido, quando lhe convém:

– Rodrigo Soares tem usado de dois pesos e duas medidas. As demandas dos grupos do interesse dele, ele julga em tempo recorde, mas os outros grupos ele fica protelando. Nem faz e nem deixa ninguém fazer. Os processos dos diretórios municipais precisam ser julgados usando os mesmos critérios. Ele precisa cumprir as normas, caso isso não aconteça nós vamos recorrer ao diretório nacional – informou Josenilton.

Segundo Feitosa, em municípios como Sousa, Mamanguape e Campina Grande, Rodrigo Soares teria acelerado as decisões, pois eram de seu interesse, já em outros que também possuem processos, o presidente simplesmente ignora:

– O caso de Souza foi julgado em menos de 15 dias. Mas, em Guarabira, por exemplo, há um recurso que espera julgamento há cerca de 10 meses. No Conde também. Em Mamanguape, ele anulou a decisão da instância municipal para atender o interesse de outro aliado. Tem sido assim: quando interessa a ele, agenda encontro faz ata e anula decisão em tempo recorde – alertou.

O secretário afirmou ainda que tem tentando conversar com Rodrigo, mas não obteve êxito e que só procurou a imprensa depois de ter sido ignorado várias vezes pelo presidente do diretório estadual:

– Liguei várias vezes pra ele esses dias, mas ele não me atendeu. Agora não quero mais ligar e só falo com ele nas instâncias do PT. Se ele não me trata como aliado eu também não o tratarei. A nossa relação está arranhada. Não comigo, mas com o vice-presidente, Nabal Barreto também. Nós vamos exigir que ele cumpra as normas do partido, caso ele não queira, vamos ao diretório nacional – finalizou.

Assessoria PT JP

Certificado digital mais barato para advogados e contadores Clique e saiba como adquirir

Leia Também