João Pessoa, 28 de janeiro de 2022 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
mudança no tabuleiro político

João deve deixar Cidadania após federação com PSDB

Comentários:
publicado em 28/01/2022 às 12h26
atualizado em 28/01/2022 às 10h29
A- A+

A Executiva Nacional do PSDB aprovou nessa quinta-feira (27), por unanimidade, o avanço no entendimento com o Cidadania para a formação de Federação Partidária. Além das aproximações já adiantadas pelas lideranças tucanas nos estados, as conversas continuarão sendo conduzidas pelo pelo presidente Bruno Araújo, o secretário-geral Beto Pereira e os líderes na Câmara, Adolfo Viana, e no Senado, Izalci Lucas, com o objetivo de mapear e aparar eventuais arestas regionais.

“Temos um levantamento preliminar que indica que a federação é bem-vinda. Precisamos avançar agora no regramento para essa convivência. O Cidadania tem sido parceiro importante do PSDB e há convergência política tanto nas eleições quanto no Legislativo”, destacou Bruno Araújo.

A união das siglas, no entanto, resultará na mudança no cenário político da Paraíba. Filiado ao Cidadania, o governador João Azevêdo poderá trocar de legenda. .

No estado, PSDB e Cidadania caminham rumos diferentes. O ninho tucano apresentou o nome do deputado federal Pedro Cunha Lima como candidato de oposição ao atual governador na disputa pelo Governo do Estado.

Em entrevista ao jornal Valor Econômico, o presidente do Cidadania, Roberto Freire, admitiu dificuldade na convivência das duas lideranças no estado na confirmação da junção.

Além disso, Azevêdo tem declarado apoio à pré-candidatura do ex-presidente Lula (PT), numa clara divergência do entendimento da iminente federação, que apoiará o governador João Dória (PSDB) na disputa pelo Palácio do Planalto.

Escolha da nova legenda 

Caso confirme-se a mudança de legenda, João Azevêdo tem ao menos quatro convites públicos de novas agremiações partidárias: Rede Sustentabilidade, PCdoB, PSD e PSB, sendo os dois últimos os mais propensos a receber o governador.

Em a escolha sendo o PSB, João estaria voltando à legenda que lhe elegeu governador da Paraíba, mas foi convidado a sair antes mesmo de completar um ano de mandato após uma orquestração do ex-governador Ricardo Coutinho, atualmente no PT e adversário do governador.

Já o PSD trabalha intensamente para que a sigla seja a escolhida. O presidente nacional Gilberto Kassab já fez o convite a João. Aliados do ex-prefeito de Campina Grande Romero Rodrigues, até pouco tempo adversário do gestor estadual, já caminham alinhados com Palácio da Redenção.

A vereadora campinense Eva Gouveia, fundadora do PSD na Paraíba, foi a primeira a aderir ao projeto de reeleição de Azevêdo e não esconde o desejo da aliança entre Azevêdo e Rodrigues.

Wallison Bezerra – MaisPB

MaisTV

Sem água, moradores de Santa Rita fecham rodovia

GRANDE JOÃO PESSOA - 13/05/2022

Opinião

Paraíba

Brasil

Fama

mais lidas