João Pessoa, 18 de junho de 2021 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora

Francisco Leite Duarte é Mestre e Doutorando em Direito pela UFPB. É professor da Universidade Estadual da Paraíba, Jurista, Escritor, Palestrante e Auditor Fiscal. Prêmio nacional de educação fiscal 2016 e prêmio estadual e nacional de educação fiscal 2019. Na literatura, publicou o romance “O pequeno Davi”, uma coletânea de contos chamada “Crimes de Agosto” e uma coletânea de prosa poética (este em parceria com Cavichioli), chamada “Decifra-me ou te devorarei

Conhecereis a mentira, e a mentira vos salvará

Comentários:
publicado em 18/06/2021 às 07h28
A- A+

Está decidido. A passagem bíblica, a original, não passa de uma mentira. E só a mentira salvará o povo brasileiro, afinal, religiosos da mais alta patente ungiram o Senhor dos Exércitos de modo que, da sua boca, a verdade, como água em vinho, é a mais pura transformação de pasto em picanha para o rebanho.

Não sabemos se esse tipo de gente gosta de cenoura, ou prefere as folhas do legume, mas isso não importa, afinal, os papagaios, dos seus púlpitos moralistas, substituirão os humanos, e Deus, em carne e osso, descerá das alturas e será a testemunha, por excelência, de que as urnas serão fraudadas pelo anticristo. Quem duvidará de Deus, meu Deus?

Depende, se as moderníssimas cédulas de papel ou as antiquadas urnas eletrônicas se opuserem e se revoltarem contra o Messias, a justa mão do Pai Eterno colocará tudo no lugar, mesmo que se valha da logística dos generais. E a logística desse tipo de gente transborda em disparate, especialistas em usucapirem dos donos do poder, a que chamam povo, as necessidades da democracia.

Mas, tudo isso é preciso, dirá a pátria amada. A história serve, para antever o futuro. O passado é recente. Nem foi preciso debate. É uma profecia retumbante e tão falsa, mas todos sabem que a mentira há de salvar o Brasil, por isso a verdade está com os loucos de todo o gênero. E, nesses tempos todos, eles estão atacados do juízo.

A experiência já provou os perigos que correu a pátria amada: um kit gay, rondando a moral das pessoas, querendo transformá-las em anarquistas e prostitutos depravados; uma mamadeira de piroca, querendo penetrar as guelras das virgens imaculadas, sem elas darem conta da felação; um Jesus comunista, trepado em um pé de goiabeira, como se tivesse fumado maconha estragada; professores desordeiros fazendo política nas escolas; gado que pesa arroubas enxergando-se como gente, e pasmem: filho de pobre viajando de avião, cruzando fronteiras em busca de estudos.
Mas, agora é bem pior.

Há uma guerra biológica querendo comer o Brasil pelas entranhas; há uma “vachina” que transforma as pessoas em jacaré; o comunismo recrudesceu e se transformou em uma CPI; as universidades, coitadas, ainda que muitas já estejam sob o julgo da verdade, muitas ainda resistem em busca da mentira, até a Globo, aquela mesma que foi tão vacilante, senão cúmplice, com a ditadura militar e com o golpe de 2016, ficou inimiga do sistema da verdade do senhor. O que mais nos falta?

Só faltam onze motocicletas togadas em um radiante sol de sábado saírem pela cidade cantando “mulher não trai, mulher se vinga”, tomando umas cachaças, gastando o dinheiro do povo, caçoando dos vivos e dos mortos, na vã tentativa de se livrarem do pau de vassoura que o Senhor dos Exércitos quer lhe enfiar nas ancas.
Sigam-me no Instagram: @professorchicoleite

* Os textos dos colunistas e blogueiros não refletem, necessariamente, a opinião do Portal MaisPB

MaisTV

“Nordeste não é problema, é solução”, diz João Dória

AGENDA NA PARAÍBA - 23/10/2021

Opinião

Paraíba

Brasil

Fama

mais lidas