João Pessoa, 20 de fevereiro de 2021 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
conflito de calendários

Governadores pressionam Dória a entregar vacinas

Comentários:
publicado em 20/02/2021 às 08h43
atualizado em 20/02/2021 às 11h40
A- A+

Os governadores cobraram de João Doria (PSDB-SP) a entrega de vacinas do Instituto Butantan ao Ministério da Saúde, depois que o ministro Eduardo Pazuello divulgou na quarta-feira (17) um cronograma de vacinação que previa a entrega, pelo Butantan, de 9,3 milhões de doses da Coronavac em fevereiro.

O total, porém, estava acima do que havia sido anunciado horas antes pelo Butantan. O instituto prevê entregar 426 mil doses por dia a partir do dia 23, o que corresponderia a 2,6 milhões de doses. O presidente do instituto, Dimas Covas, estava no encontro —e não se manifestou, segundo a coluna Painel, do Jornal Folha de São Paulo.

Após a divergência de informações, os gestores reclamaram no no grupo de WhatsApp que reúne os governadores sobre a entrega de vacinas do Instituto Butantan ao Ministério da Saúde. O governador João Dória, no entanto, tentou acalmar os ânimos informando que explicaria a divergência.

O Fórum dos Governadores, liderado pelo gestor do Piauí, Wellington Dias, formalizou pedido de apresentação do cronograma atualizado, para planejar a vacinação.

MaisPB

error: Alerta: Conteúdo Protegido !!