João Pessoa, 12 de fevereiro de 2021 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
em 2020

Índice mostra aumento de assassinatos no NE

Comentários:
publicado em 12/02/2021 às 07h47
atualizado em 12/02/2021 às 04h48
A- A+

Brasil tem aumento de 5% nos assassinatos em 2020, ano marcado pela pandemia do novo coronavírus; alta é puxada pela região Nordeste
País registra um aumento nos crimes violentos após dois anos consecutivos de queda. Mesmo com isolamento social, mais da metade dos estados registra alta nos indicadores. Ferramenta criada pelo G1 acompanha os assassinatos mês a mês.

Aumentou o número de assassinatos no Brasil em 2020. A alta foi de pelo menos 5% na comparação com 2019, após dois anos consecutivos de queda. No ano passado, foram registradas 43.892 mortes violentas, contra 41.730 em 2019. Ou seja, 2.162 mortes a mais. Estão contabilizadas no número as vítimas de homicídios dolosos (incluindo os feminicídios), latrocínios e lesões corporais seguidas de morte.

O aumento de mortes aconteceu mesmo durante a pandemia do novo coronavírus e foi puxado principalmente pelo Nordeste, que teve um aumento expressivo nos assassinatos: 20%. A região também foi responsável pela queda de mortes nos últimos dois anos.

A região Sul também teve uma leve alta. Já nas outras regiões (Norte, Centro-Oeste e Sudeste), o número de crimes violentos foi menor na comparação com o ano anterior. A região Norte teve a queda mais acentuada: – 11%. Ao todo, mais da metade dos estados registrou uma alta. Houve aumento dos assassinatos em 14 unidades da federação.

Os dados são do índice nacional de homicídios criado pelo G1, com base nos dados oficiais dos 26 estados e do Distrito Federal.

MaisPB

error: Alerta: Conteúdo Protegido !!