João Pessoa, 11 de julho de 2020 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
DISTRITO FEDERAL

Polícia apreende nova serpente de estudante picado por naja

Comentários:
publicado em 11/07/2020 às 15h47
atualizado em 11/07/2020 às 13h13
A- A+

A Polícia Civil do Distrito Federal  apreendeu, na manhã deste sábado (11), uma serpente da espécie jiboia arco-íris que pertence ao  estudante de veterinária,  Pedro Henrique Santos Krambeck Lehm, de 22 anos.

A cobra estava em um apartamento pertencente a um amigo do jovem que foi picado por uma cobra da espécie naja e se encontra internado.

Além da jiboia arco-íris, foi encontrada pele de uma serpente surucucu, ratos que seriam criados para servir de alimento ao animal, carcaça de tatu e pena de arara.

A surucucu é uma espécie peçonhenta que habita na mata atlântica. Por isso, a polícia acredita que o animal esteve no local ou alguém que esteja com a cobra tenha entregue  a pele.

Mesmo a cobra tendo documento, a polícia trata a situação como maus tratos ao animal, visto que estava em uma caixa onde mal podia se locomover.

Na quinta-feira (9) foram apreendidas 16 serpentes em um haras na área rural de Taquara, na região de Planaltina.  A Polícia Civil do DF acredita em um esquema de tráfico de animais silvestres pelo estudante de medicina veterinária que foi picado pela naja.

MaisPB

error: Alerta: Conteúdo Protegido !!