João Pessoa, 30 de junho de 2020 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
ENTREVISTA COM pré-CANDIDATOS

Eduardo: Luciano escolhe nome a ‘portas fechadas’

Comentários:
publicado em 30/06/2020 às 19h06
atualizado em 01/07/2020 às 03h23
A- A+
Eduardo Carneiro é pré-candidato pelo PRTB

Pré-candidato a prefeito de João Pessoa, o deputado estadual Eduardo Carneiro (PTRB) acredita em grande participação do vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) na eleição da Capital. Em entrevista à MaisTV, canal de vídeo do Portal MaisPB, o parlamentar afirmou que Mourão também deverá participar do diálogo que fechará composição para a disputa pela Prefeitura.

“Um partido que tem uma referência como o vice-presidente Mourão vai sem dúvida nenhuma ser protagonista em uma eleição como essa. Ele também vai, na medida do possível, ajudar na composição das alianças porque tenho certeza que todos reconhecem que é uma grande referência na política nacional”, afirmou.

Ainda durante a entrevista, o parlamentar falou do processo de rompimento político com o prefeito Luciano Cartaxo (PV). Ele afirmou que não tinha mais “convergência” de ideias com o gestor pois não era ouvido e nem tinha pleitos atendidos.

“Não fazia sentido, se existia críticas e nós não estávamos sendo ouvidos, eu continuar ocupando cargos apenas para ter um beneficio para o meu partido”, destacou. Eduardo Carneiro disse ainda que o afastamento político tornou-se mais concreto quando percebeu que aliados não estavam sendo inclusos nas discussões da sucessão municipal.

“Existia uma reunião caseira e a portas fechadas que se colocaria um nome e comunicaria quem seria o candidato e que e os aliados que bem entendessem em que votar. Não entendo a política dessa maneira”, alegou.

Sobre o próximo governo, Carneiro disse que o grande desafio é encontrar formas para contornar a crise econômica provocada pela pandemia do novo coronavírus. Para ele, o novo gestor precisará ter visão empreendedora.

“Vai ser fundamental para poder superar essa crise que vai deixar de ser na área sanitária e da saúde para ser uma crise econômica que, segundo estudos, vamos passar dez anos para voltar ao patamar que estávamos”, argumentou.

Assista:

MaisPB

error: Alerta: Conteúdo Protegido !!