João Pessoa, 22 de Maio de 2020 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
"ministros vagabundos"

Weintraub pode ter cometido crime de injúria

Comentários:
publicado em 22/05/2020 às 17h32
atualizado em 22/05/2020 às 16h07
A- A+
Ministro da Educação, Abraham Weintraub

O ministro Celso de Mello apontou um possível crime de injúria do ministro da Educação, Abahan Weintraub, ao chamar de vagabundos os ministros do STF.

“Essa gravíssima aleivosia perpetrada por referido Ministro de Estado, consubstanciada em discurso contumelioso e aparentemente ofensivo ao atrimônio moral dos Ministros da Suprema Corte brasileira (“Eu, por mim, botava esses vagabundos todos na cadeia. Começando no STF”) – externada em plena reunião governamental ocorrida no próprio Palácio do Planalto, que contou com a presença de inúmeros participantes –, põe em evidência, além do seu destacado grau de incivilidade e de inaceitável grosseria, que tal afirmação configuraria possível delito contra a honra (como o crime de injúria)”, disse o decano do STF ao levantar o sigilo da reunião ministerial de 22 de abril.

“Ministros vagabundos”

Matéria em atualização 

MaisPB

error: Alerta: Conteúdo Protegido !!