João Pessoa, 29 de fevereiro de 2020 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
nesta segunda-feira

Palestra esclarece dúvidas e prevenção ao coronavírus

Comentários:
publicado em 29/02/2020 às 09h02
atualizado em 29/02/2020 às 08h05
A- A+

O professor João Felipe Bezerra, da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), apresentará a palestra “Coronavírus: o que precisamos saber e fazer” nesta segunda-feira (2), às 9h30, no auditório da Escola Técnica de Saúde (ETS), no campus-sede, em João Pessoa.

Graduado em Farmácia-Bioquímica pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), com ênfase em Biologia Molecular e com experiência no diagnóstico molecular de vírus respiratórios, João Felipe Bezerra diz que não é preciso tanto medo do vírus.

“Irei falar sobre o que é o vírus, quais os riscos e como a população pode se proteger e ajudar, n a política de saúde, a evitar a transmissão. Vamos desmistificar também fake news, explicar como é realizado o diagnóstico e as principais formas de prevenção”, adianta.

Os coronavírus causam infecções respiratórias e intestinais em humanos e outros animais; sendo que a maioria das infecções por coronavírus em humanos são causadas por espécies de baixa patogenicidade, levando ao desenvolvimento de sintomas do resfriado comum. No entanto, podem eventualmente ocasionar infecções graves em grupos de risco, como idosos e crianças.

O professor João Felipe Bezerra alerta que, nesse período, as pessoas podem confundir os casos de gripe influenza com coronavírus. “A gente já está na época de início de transmissão da influenza”, afirma.

Diante disso, medidas de prevenção como lavar as mãos e o uso de álcool gel a 70% são importantes não somente para proteção contra o coronavírus, mas contra outras doenças de transmissão respiratória.

O especialista também destaca a importância do uso de lenços ao espirrar ou tossir. Já as máscaras, segundo o professor, seriam indicadas para a população apenas se houver grande quantidade de casos mediante transmissão dentro do estado da Paraíba, já que a situação está controlada e os casos noticiados são oriundos de outros países.

No momento em que forem confirmados casos de transmissão local, o professor lembra que outras medidas deverão ser adotadas. “Talvez seja interessante que a gente comece a evitar um pouco os locais com aglomerações de pessoas, principalmente onde circulam muitos turistas”. Mais informações sobre a palestra podem ser obtidas pelo telefone (83) 3216.7400.

MaisPB

MaisTV

Família quer júri popular e pena máxima para acusado de matar Patrícia

AUDIÊNCIA DE INSTRUÇÃO - 24/09/2021

Opinião

Paraíba

Brasil

Fama

mais lidas