João Pessoa, 22 de janeiro de 2020 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
VÍDEO

Bolsonaro se nega a dar entrevista a jornalistas

Comentários:
publicado em 22/01/2020 às 14h28
atualizado em 22/01/2020 às 11h42

O presidente Jair Bolsonaro não concedeu entrevista coletiva na saída do Palácio da Alvorada, nesta quarta-feira (22), e disse que o motivo seria as alegações que ele “agrediria os jornalistas” quando fala com a imprensa.

“Eu queria falar com vocês, mas a Associação Nacional dos Jornalistas diz que quando eu  falo eu agrido vocês, Então, como eu sou da paz, eu não vou dá entrevista. Eu posso agredir vocês, podem retirar o processo que eu volto a falar com vocês”, alegou o presidente em vídeo postado em suas redes sociais.

De acordo com o jornal Correio Braziliense, Bolsonaro se refere Associação Nacional de Jornalistas (ANJ), mas a  referência seria à Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) que apontou que, em 2019, o presidente foi responsável por 121 de 208 ataques contra veículos de comunicação e jornalistas, o que representa 58% do total.

A Fenaj, que fez o levantamento, não entrou com uma ação na Justiça com alguma medida jurídica, embora admita que, junto de outras entidades, esteja articulando algum posicionamento.

Também é desconhecida a informação se alguma entidade representante de jornalistas entrou com um processo contra Bolsonaro.

Veja vídeo 

MaisPB

Certificado digital mais barato para advogados e contadores Clique e saiba como adquirir

Leia Também