João Pessoa, 11 de abril de 2018 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
Busto de Tamandaré

Jornada vôlei realiza ação sobre depressão

Comentários:
publicado em 11/04/2018 às 16h55
atualizado em 11/04/2018 às 18h14

A ação “Depressão: Você não está sozinho. Procure ajuda!” vai ser realizada no Busto de Tamandaré, em Tambaú, no próximo sábado (14), às 7h. O evento tem o objetivo de gerar oportunidade para pessoas que passam pelo local ampliarem o conhecimento, esclarecer e se informar sobre as formas de tratamento da doença. Haverá panfletagem educativa, aconselhamento com psicólogos e palestra de esclarecimento sobre a depressão com a psiquiatra Raquel Mendes. Estudantes e profissionais da Faculdade Uninassau também participarão da ação, com orientações, além do teste de estressômetro, realização de terapias manuais e dança.

A depressão é uma doença que chega silenciosamente e atinge muita gente, sem escolher cor, raça, sexo, idade e nem classe social. O problema é tão grave que segundo a Organização Mundial de saúde (OMS), até 2020 será a segunda causa de morte mundial, ficando atrás apenas das doenças cardíacas. O que chama atenção também é o número de tentativas de suicídio de pessoas que possuem a doença. Segundo levantamento do Ministério da Saúde, entre 2015 até os primeiros meses deste 2018, foram registradas 1.767 tentativas de lesões autoprovocadas.

O problema afetou integrantes de um time de Vôlei de João Pessoa. No mês de março deste ano, uma das atletas do Jornada Vôlei cometeu suicídio. Ela tinha 36 anos e lutava contra a depressão há mais de um ano. As atletas encontraram uma forma de transformar a dor em um ato de conscientização e alerta para esta grave doença chamada depressão.

A deputada estadual Camila Toscano (PSDB) faz parte do grupo e é uma das apoiadoras da atividade. Atleta de vôlei desde a adolescência, Camila era amiga da jogadora e ficou muito abalada com a morte trágica da integrante. O caso incentivou a parlamentar a entrar na luta contra a depressão. Ela vai apresentar projeto de lei criando o dia estadual de combate ao problema. “É preciso muita informação e esclarecimento sobre essa doença. Muita gente tem e não sabe. Não enxerga como uma doença que precisa de acompanhamento profissional. As consequências da falta de atenção necessária, infelizmente, é a morte”, alertou.

Cura – A depressão tem cura. Segundo a psiquiatra Raquel Mendes, ao primeiro sinal da doença é preciso procurar atendimento. “Falar sobre o que sente é o primeiro remédio contra a doença. O suicídio nos casos de depressão é uma morte totalmente evitável, temos que combater, ouvir as pessoas e mostrar que a depressão tem cura”, esclareceu.

Segundo Renata Mendes, uma das atletas do Jornada Vôlei, o intuito da ação é levantar a discussão para essa doença que  afeta cada vez mais famílias paraibanas. “Sempre nos reuníamos para jogar e por motivos alegres, este triste fato nos fez repensar sobre o problema e chamar atenção da população para ouvir mais e ter menos preconceito. Estamos recebendo muitos depoimentos de pessoas que estão enfrentando a doença”, comentou.

A ação realizada pelas atletas do Jornada Vôlei terá apoio da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), da Faculdade Uninassau, LUG Serigrafia, Gráfica JB e Múltipla Comunicação Integrada.

Mais PB

Certificado digital mais barato para advogados e contadores Clique e saiba como adquirir

Leia Também