João Pessoa, 02 de agosto de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
SEMANA MUNDIAL DO ALEITAMENTO MATERNO

Secretaria de Saúde abre Semana da Amamentação

Comentários:
publicado em 02/08/2017 às 09h42
A- A+

A Semana Mundial do Aleitamento Materno começou nesta terça-feira (1), e segue até o dia 8 de agosto. Em Campina Grande, a programação foi aberta no Instituto de Saúde Elpídio de Almeida (Isea).

A abertura foi realizada com a apresentação de um grupo musical com estudantes da Rede Municipal de Educação. Em seguida, foi realizada uma homenagem à madrinha da Semana da Amamentação. Ângela Richele doou 40 litros de leite, o que é suficiente para alimentar 400 bebês. “Estou muito feliz e sou muita grata por poder ajudar”, disse a madrinha.

Houve ainda o encontro das mães doadoras com as crianças receptoras do leite materno. À tarde teve apresentação teatral para as mulheres do Isea.

Na quinta-feira (3), a partir das 13h vai haver ação com colaboradores da Rede de Bancos de Leite Humano na Alpargatas com as mulheres trabalhadoras da empresa. Às 14h terá circuito de amamentação no Isea com as mães de bebês recém-nascidos.

Na sexta-feira (4), pela manhã vai ter uma série de palestras com as gestantes do Isea conscientizando sobre a importância do aleitamento materno. À noite tem uma mesa-redonda na Facisa sobre o tema amamentação com profissionais de saúde e estudantes da área.

No sábado, às 9h, acontece o momento mais esperado da semana, que é a Hora do Mamaço. Em todo o mundo, várias cidades realizam esta atividade simbólica, que reúne várias mulheres para amamentar e chamar a atenção da sociedade para a relevância do leite materno para a saúde das crianças.

Em Campina Grande, a ação acontece no Parque da Criança. A Semana da Amamentação termina na segunda-feira (7), pela manhã, com uma mobilização na Praça da Bandeira abordando as pessoas e promovendo uma gincana da amamentação.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, o aleitamento materno deve ser o alimento exclusivo das crianças até os seis meses de vida e deve ser ofertado até os dois anos de idade. O leite materno promove benefícios para a saúde dos bebês e proteção para problemas de saúde futuros.

O Banco de Leite Humano Doutor Virgílio Brasileiro, do Isea, é referência no Estado. No primeiro semestre deste ano foram coletados mais de 600 litros. O BLH já recebeu várias vezes a certificação padrão ouro da Rede Íbero-americano de bancos de leite.

MaisPB

error: Alerta: Conteúdo Protegido !!