05 de dezembro de 2016 - 17:38

última hora
28/11/2016 às 19h29 • atualizado em 28/11/2016 às 19h30

Benjamin consegue R$ 8 milhões para poços

benjamin

O deputado federal Benjamin Maranhão (SD) participou de reunião na sede do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), na manhã desta segunda-feira (28), para tratar sobre a destinação de R$ 8 milhões para perfuração de poços artesianos e compra de equipamentos e veículos para os assentamentos da Paraíba. Desse total, R$ R$ 6 milhões são para obras hídricas e R$ 2 milhões oriundos de um convênio com a Emater, para melhorar a assistência técnica nos assentamentos. Os recursos foram liberados graças a uma intervenção do parlamentar com a diretoria do órgão em Brasília.

Na reunião contou com o superintendente do Incra-PB, Solon Diniz; com o diretor Nacional de Desenvolvimento de Projetos de Assentamento, Ewerton dos Santos, e o subsecretário da Agricultura Familiar e Desenvolvimento Agrário (Sead), Marcelo Martins; além de técnicos da unidade paraibana.

De acordo com o deputado, os poços começarão a ser construídos ainda este ano, em parceria com a Emater-PB. “Esse projeto vai beneficiar todo o Estado. Nós queremos atender de forma e nosso objetivo é construir pelo menos um poço em cada assentamento. O Incra na Paraíba passou muitos anos sem fazer nenhuma ação de infraestrutura nos assentamentos, mas agora se preocupa em trazer ações concretas.  E a parceira com a Emater é justamente para melhorar assistência técnica para os assentados, tendo em vista que ela está presente em todos os municípios do Estado”, comentou.

Benjamin relatou que a partir do levantamento foi possível identificar as áreas mais necessitadas. Segundo ele, há no Estado mais de 300 assentamentos e, após conversas com os próprios assentados, percebeu-se que a maior carência desses espaços é a falta de água. Por isso, que a prioridade no atendimento de forma emergencial para essa população, foi a construção de poços e sistemas simplificados de abastecimentos de água.

“Nós tratamos também de outros pontos essenciais aos assentados, como a questão da titularização das áreas de assentamento e da regularização fundiária, só faltou aqui o presidente do Incra, o Leonardo Góes, mas que foi muito bem representado pelo Ewerton que veio ao nosso Estado tomar atitudes concretas para melhorarmos a vida do nosso povo”, ressaltou o deputado.

O superintendente do Incra na Paraíba, Solon Diniz, disse que vem o órgão irá ampliar as ações, intensificando a construção de adutoras e aquisição de máquinas. “Já estão encaminhados projetos produtivos para construção de usinas de beneficiamentos do leite. Estamos vendo também as demandas em relação aos equipamentos para pequenas agroindústrias, voltados para a comercialização de frutas, como câmeras frias, despolpadeiras e embaladoras. Além da construção de matadouros, que são necessários não só para o assentado, mas também para atender os pequenos criadores dos municípios que não têm sequer como fazer o abate de seus ovinos, caprinos e bovinos”, explicou.

MaisPB