21 de janeiro de 2017 - 14:39

última hora
11/10/2016 às 09h53

Contra Trump, atriz diz ter sido violentada por ex: ‘Lembro da vergonha’

No momento em que a candidatura de Donald Trump à Presidência dos Estados Unidos enfrenta seu momento mais conturbado, após vir à tona um vídeo envolvendo declarações consideradas ofensivas e violentas pelo Republicano com relação a mulheres, uma atriz decidiu revelar uma história pessoal para levantar uma reflexão. Em seu Instagran, Amber Tamblyn contou detalhes de um abuso sexual sofrido por um ex-namorado, com quem tinha um relacionamento abusivo.
Segundo Tamblyn, o ex-namorado a “agarrou pela vagina”, levantando-a do chão e causando um ferimento que a incomodou por pelo menos uma semana. “Uma noite eu estava em um show com algumas amigas em Hollywood, ouvindo um DJ que amamos. Eu sabia que havia uma chance de meu ex aparecer, mas eu me senti protegida com minhas amigas ao meu redor. Ele é um cara grande, mais alto que eu. No minuto em que ele me viu, ele me pegou com uma mão pelo meu cabelo e, com a outra mão, ele agarrou-me por debaixo da minha saia pela minha vagina – e me levantou do chão, literalmente. Ele me levou, como se fosse algo que ele possuía, como um pedaço de lixo, para fora do clube”, escreveu a atriz.
A atriz continuou: “Seus dedos estavam praticamente dentro de mim, sua outra mão segurando meu cabelo. Eu gritei e chutei e chorei. Ele me carregou desta forma, suspensa por suas mãos, por todo o caminho, empurrando as pessoas, até que ele chegou à porta da frente. Minhas amigas correram atrás dele, tentando impedi-lo. Agradeço a Deus porque seus irmãos também estavam lá e interferiram”.
Tamblyn chega a mencionar Trump em seu texto. “O restante desta noite é um borrão. Eu não me lembro. Como eu fui para o carro. Como eu consegui me livrar dele naquela noite. Essa parte do meu corpo, que o candidato presidencial atual dos Estados Unidos Donald Trump recentemente descreveu como algo pelo que ele gostaria de pegar uma mulher, estava machucada por conta da violência do meu ex-namorado, pelo menos até a semana seguinte. Era difícil usar calça jeans. Eu não conseguia dormir sem um travesseiro entre as pernas para criar espaço, contou.
Amber também descreveu o sentimento de vergonha com que ainda convive. “Até hoje eu me lembro daquele momento. Lembro-me da vergonha. Estou com medo que minha mãe leia este post. Estou ainda com mais medo que meu pai saiba algum dia a saber dessa história. Sei que partiria seu coração. Eu não conseguia suportar isso. Mas você entende, não é? Eu precisava contar uma história. Aproveite os debates hoje à noite”, completou.
MaisPB

Mais Lidas