João Pessoa, 08 de maio de 2012 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
DO CORAÇÃO

CRISE: Raoni Mendes não aceita “cartada” de Damião e condena decisão do PDT/JP

Comentários:
publicado em 08/05/2012 às 16h42
A- A+

 O vereador Raoni Mendes (PDT) nãos se demonstrou satisfeito de ter ficado de fora do comando de sua legenda em João pessoa. Ele questionou por que um vereador não assume o partido, mas quando questionado sobre o assunto foi direto: mandou o repórter perguntar ao presidente estadual, Renato Feliciano, ou ao deputado federal Damião Feliciano (PDT) o motivo.

Joana Bronzeado , assessora do presidente da legenda, assumiu a presidência municipal do PDT em João Pessoa.

“Essa alternância é desgastante para nós que temos mandato. Até porque todo mundo pergunta por que não um político comandar o partido? Como é feito com Renato Feliciano. Essa é minha dúvida e a dúvida de Geraldo Amorim”, disse o vereador sobre o partido que chega ao seu terceiro presidente este ano. “Não dá para ficar mudando de presidente”.

Raoni lembrou que os outros dois presidentes, Adalto Fernandes e Eudes Felix, também são assessores de Damião Feliciano por 12 e 16 anos reciprocamente.
“As coisas guando são definidas, quando para nós, é comunicado. E cabe a nós, infelizmente, compreender, até o ponto que suportamos esta situação”, desabafou o parlamentar que não vê espaço para os vereadores no comando do partido.

“É incompreensível”, finalizou.

MaisPB 

error: Alerta: Conteúdo Protegido !!