João Pessoa, 10 de maio de 2012 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
QUALIFICAÇÃO

Indústrias receberão consultorias em inovação e tecnologia

Comentários:
publicado em 10/05/2012 às 11h36
A- A+

Micro e pequenas empresas industriais de móveis, confecções, panificação e marmoarias podem se beneficiar de capacitações e consultorias oferecidas pelo Sebrae

Cem indústrias de pequeno porte da Paraíba serão beneficiadas com o projeto de Desenvolvimento Setorial da Indústria. Os empreendimentos participarão de consultorias em inovação e tecnologia com o aperfeiçoamento de processos produtivos e melhoria de serviços e produtos. Serão atendidos os setores de móveis, confecções, panificação e marmoarias. O projeto é realizado pelo Sebrae Paraíba, Federação das Indústrias do Estado da Paraíba, Senai e sindicatos dos setores. As ações foram iniciadas em abril e o projeto irá continuar até 2015.

 “A ideia é buscar a competitividade das micro e pequenas indústrias da Paraíba. Para cada um dos setores há ações diferenciadas, com palestras, cursos, consultorias que abrangem temas como inovação, identidade visual, desenvolvimento de sites, além da participação em feiras e eventos em outros estados”, destacou Elianete Paiva, gestora do projeto e analista do Sebrae Paraíba.

 Entre os setores a serem atendidos, está o moveleiro com 20 empreendimentos que são acompanhados pelo Sebrae há alguns anos e deverão receber novas intervenções com o projeto de Indústria. “Avançamos muito nos últimos quatro anos e, hoje, conseguimos competir com as grandes franquias que existem no mercado”, disse Reginaldo Galvão, presidente da Associação das Indústrias de Móveis e Artefatos de Madeira da Paraíba. Segundo ele, as indústrias paraibanas investiram no design, na qualidade e em novos materiais, além de ter melhorado o prazo de entrega e praticarem preços competitivos.

 Para conhecer a realidade da indústria paraibana, doze empresários de Pernambuco fizeram uma visita técnica a três empresas e participaram de reuniões no Sebrae. Segundo Reginaldo Galvão, a Paraíba, assim como Pernambuco, tem tradição na fabricação de móveis. Ele enfatizou que a previsão é de se criar o polo moveleiro, como áreas comuns para treinamento, showroom e serviços de acabamento.

 Próximos passos – Em maio, estão previstas consultorias para o setor de confecção nas áreas de desenvolvimento de sites e identidade visual. Para o setor moveleiro, o projeto irá investir na participação de cinco indústrias paraibanas na feira de móveis em Recife, entre os dias 23 e 25 de maio. No mês de abril foi realizado um encontro entre empresários do ramo de panificação, além de palestras sobre sustentabilidade, meio ambiente e insalubridade.

Assessoria

error: Alerta: Conteúdo Protegido !!