João Pessoa, 16 de junho de 2021 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
programa hora h

Dra. Paula conta detalhes do estado de Zé Aldemir

Comentários:
publicado em 16/06/2021 às 19h57
atualizado em 17/06/2021 às 05h28
A- A+
Deputada Dra. Paula (PP) e prefeito José Aldemir (PP)

“Eu jamais vou desistir”. A frase é da deputada estadual Dra. Paula (Progressistas), mulher do prefeito de Cajazeiras, José Aldemir (Progressistas). Internado no Hospital da Unimed, em João Pessoa, o gestor precisou ser intubado na tarde desta quarta-feira (16) e será transferido nesta quinta-feira (17) para o Instituto do Coração, em São Paulo.

“Eu quero que acreditem, a fé me segura, é a fé que me faz sair de todas as tempestades. Eu tenho tantos amigos, tanta força. Um energia que é tão grande que em momento nenhum eu consegui desistir da luta, desistir da guerra. Eu jamais vou desistir. José Aldemir é um grande guerreiro, é desse jeito que nós vamos conseguir. Quem tem Deus nunca está só”, disse a parlamentar em entrevista ao Programa Hora H, da Rede Mais Rádio.

Complicações cardíacas

Ela informou que o prefeito será transferido para a capital paulista para tratar problemas cardíacos, porque a infecção pelo coronavírus já foi superada, conforme entendimento da equipe médica paraibana.

“O que nos preocupou foi a questão cardíaca. Então foi conveniente intubá-lo e amanhã de manhã vou levar ele para São Paulo”, explicou a parlamentar, também médica.

Cuidados de Roberto Kalil

Em São Paulo, o gestor ficará aos cuidados do médico Roberto Kalil. O cardiologista já acompanha a saúde do cajazeirense. A intenção inicial da família era transferir o prefeito para o Hospital Sírio Libanês, mas a unidade de saúde estava sem vagas.

“Vou com a certeza que ele vai sair dessa porque ele é muito forte. Ele já saiu outras vezes e vai sair nessa também. A questão cardíaca vai ser compensada porque Roberto Kalil é o médico dele do coração e sabe trabalhar muito em com essa parte cardíaca”, previu a política garantindo que o chefe do Poder Executivo Municipal recebeu na Paraíba todos os protocolos em saúde contra a Covid-19.

Queda de saturação preocupa

Doutora Paula disse que a parte mais preocupante do estado de saúde é a queda de saturação do paciente.

“Se fosse a questão pulmonar, não tinha mais essa oscilação de um pulmão funcionar comprometido com 97 de saturação e depois cair para 79, 80 ou 81. A gente sabe da segurança da gente entender que agora é muito mais coração. Eu não tive dúvida, vou intubá-lo, vou levá-lo e trazer ele de volta”, destacou.

Intubação para estabilização

A intubação – acrescentou Paula – teve o objetivo de estabilizar o paciente para evitar oscilação na saturação e assim evitar danos a outros órgãos do corpo.

“A gente tem que está sempre nessa preocupação constante. O ser humano é complexo e a gente tem que fazer uma avaliação médica complexa”, enfatizou.

Trajetória de vidas

Com voz firme, a deputada lembrou da trajetória ao lado de José Aldemir.

“Atravessamos dificuldades, rios caudalosos, tempestades, relâmpagos, mas essa fé foi sempre inabalável. E é essa fé que me segura, que me faz sair de todas as minhas derrotas, das minhas quedas. Assim eu consigo me levantar”, enfatizou, lembrando o apoio que tem recebido dos amigos.

Ouça a entrevista completa:

MaisPB