João Pessoa, 13 de abril de 2021 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
polêmica

Ativista associa fãs de Julliete a grupo terrorista

Comentários:
publicado em 13/04/2021 às 15h03
atualizado em 13/04/2021 às 15h00
A- A+

Uma jornalista mestre em Comunicação pela Universidade de Brasília polemizou nesta terça-feira (13) no Twitter ao associar os fãs da paraibana Juliette Freire, participante do BBB 21 (TV Globo), a Ku Klux Klan, o maior grupo terrorista e racista que já existiu nos Estados Unidos.

Ao responder um seguidor que questionou se os fãs da paraibana poderiam ser chamados de Bolsonettes ou Julinaros, Mara Karina respondeu: KuzKuzKlan. Um deboche também ao cuscuz, comida típica do Nordeste, elogiada por Juliette na casa mais vigiada do Brasil.

Logo após a repercussão negativa, Mara Karina, que também se define como ativista pelos direitos humanos das pessoas negras, pediu desculpas. A frase “NÃO ACEITAMOS XENOFOBIA” é um dos assuntos mais comentados no Twitter.

MaisPB

error: Alerta: Conteúdo Protegido !!