João Pessoa, 05 de janeiro de 2021 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
setor de obras

Cícero manda ‘revisar’ estrutura da Secretaria de Saúde

Comentários:
publicado em 05/01/2021 às 11h23
atualizado em 05/01/2021 às 12h54
A- A+

Em visitas a algumas unidades de saúde de João Pessoa, na manhã desta terça-feira (05), o prefeito Cícero Lucena (Progressistas) determinou que seja feita uma revisão na estrutura da Secretaria de Saúde relacionada à realização de obras. O gestor disse estranhar que a pasta possua uma unidade de licitação para obras já que a meta da Secretaria de Saúde “é cuidar da saúde” ao ser questionado sobre as ações de reforma e melhoria da estrutura do Complexo Hospitalar de Mangabeira Governador Tarcísio Burity (Ortotrauma), num investimento de R$ 2,8 milhões assinados no final da gestão passada.

“Estranhamos esse sistema de licitação feito pela Saúde, mas vou determinar ainda hoje que seja resgatada a questão de licitação e de obras para a Secretaria de Infraestrutura que tem técnicos e profissionais competentes não só para elaborar projetos, mas também para fazer licitação e fiscalizar as obras”.

Durante a visita, o prefeito destacou que é necessário cuidar da Covid-19, mas também de outras doenças que acometem a população. O gestor afirmou que encontrou em funcionamento projeto que ele implantou na primeira gestão, como a mãe-canguru, e que pretende melhor serviços para suprir “as demandas reprimidas”.

Vacina 

Sobre a chegada da vacina para combater a Covid-19, o prefeito assegurou que o município está preparado para aumentar as unidades de tratamento, quais sejam de UTI ou enfermaria, a fim de corresponder ao aumento da necessidade. “Estamos planejando naquilo que acreditamos ser a grande ação que é a vacinação. Estamos aguardando o procedimento de aquisição do governo federal que puxou para si a responsabilidade de fazer as aquisições e estamos mantendo reuniões técnicas no sentido de preparar a logística não só de armazenamento, mas de aplicação das vacinas, assim que o governo federal disponibilizar para a Paraíba e, em particular, para João Pessoa”.

O progressista também informou que a gestão está averiguando a aquisição de testes por parte da Prefeitura Municipal de João Pessoa e que não teriam sido entregues. “A notícia que temos é que a Prefeitura fez uma licitação para compra de testes, recebeu 25% e não os demais. Vamos fazer todas as verificações”, garantiu.

Em relação aos atendimento para casos de Covid, Cícero não descartou rever a logística deixada pela gestão anterior. “A UPA que tiver estrutura para fazer divisão de atendimento nós o faremos. Assim também o Prontovida, se tiver capacidade assumir a demanda e liberar as UPAs para seu papel de assistência que a população precisa”.

Conversas na CMJP

Na questão política, Cícero evitou detalhar as articulações sobre a bancada governista e a liderança na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP). O prefeito disse que os presidentes eleitos para o primeiro e segundo biênio Dinho (Avante) e Bruno Farias (Cidadania), respectivamente, serão “parceiros nos desafios de cuidar da cidade de João Pessoa” e na “coragem de enfrentar os problemas e buscar com honestidade, responsabilidade e as suas soluções”.

Sem especificar o quantitativo da bancada, o gestor avaliou que as conversas estão positivas e que a base tende a crescer. “Nós temos tranquilidade que vamos conquistar mais (parlamentares) em função do trabalho que vamos fazer em nossa cidade”.

Veja vídeo 

MaisPB

error: Alerta: Conteúdo Protegido !!