João Pessoa, 16 de outubro de 2020 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
investigação

Polícia interrogou 10 pessoas próximas a padre Gilmar

Comentários:
publicado em 16/10/2020 às 12h01
atualizado em 16/10/2020 às 18h16
A- A+

A Delegacia de Crimes Contra a Pessoa já coletou os depoimentos dez pessoas em investigação que apura o desaparecimento do padre José Gilmar, pároco da Igreja Santa Teresinha, no bairro do Róger, em João Pessoa. Ao Portal MaisPB o delegado Victor Melo explicou que todas as pessoas ouvidas são do convívio do religioso, no entanto, as oitivas não trouxeram novidades para o caso.

O padre desapareceu na última terça-feira (13) após sair de carro para um velório. Segundo o secretário da paróquia, Thiago Melo, pouco tempo depois do religioso ter saído, uma pessoa da paróquia teria recebido via Whatsapp uma mensagem dele com pedido de socorro. O veículo conduzido pelo padre ainda não foi localizado.

A Arquidiocese da Paraíba emitiu nota sobre o desaparecimento do religioso, afirmando que acompanha o caso com atenção. “A Arquidiocese, por meio de seu Arcebispo, clero, religiosos, religiosas e fieis de um modo geral, segue unida em oração para que o caso seja elucidado e o desfecho seja o melhor possível. Nos mantenhamos fortes na fé, perseverantes na oração e confiantes no Deus que não nos desampara”, diz a nota.

MaisPB

Comentários

Em respeito a Legislação Eleitoral, os comentários estão temporariamente suspensos.

error: Alerta: Conteúdo Protegido !!