João Pessoa, 06 de julho de 2020 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
companhia aérea

Azul volta a operar voo entre Campina e Recife

Comentários:
publicado em 06/07/2020 às 15h04
atualizado em 06/07/2020 às 16h10
A- A+

A Azul Linhas Aéreas Brasileiras anunciou nesta segunda-feira (06) que deve operar mais 303 voos diários a partir de agosto, incluindo o retorno ao Aeroporto Presidente João Suassuna, em Campina Grande. A partir do dia 3 de agosto, a Azul retornará a operar o voo entre Recife e Campina Grande. O voo decola do aeroporto da capital pernambucana às 13h10, pousando às 14h no João Suassuna. O retorno acontece às 15h, com chegada a Recife prevista para às 15h40.

Na nova malha da Azul em agosto, a previsão é de um crescimento de 290% comparando com a malha de abril. Com o incremento de frequências, sete cidades no país – além de Campina Grande – voltam a receber voos da companhia: Vitória da Conquista (BA), Dourados (MS), Presidente Prudente (SP) e Governador Valadares (MG), no dia 3, Juiz de Fora (MG), em 17 de agosto, Ilhéus (BA) e Joinville (SC), no dia 18.

Segundo a companhia aérea, a reabertura das cidades fortalece a conectividade e a presença doméstica da companhia, que passa a servir 80 destinos, entre capitais e cidades regionais em todo o país. As passagens para os destinos já estão disponíveis em todos os canais oficiais da Azul.

Além do retorno nas bases, a empresa também irá reforçar a operação em seus centros de conexão de Belo Horizonte e Campinas. A capital mineira passará a contar com ligações diretas para Curitiba, Goiânia e Porto Alegre, a partir do dia 17 de Agosto. Já as rotas Campinas-Recife, Campinas-Manaus e Campinas-Cuiabá terão aumento na oferta de assentos já a partir de julho. Outra novidade será a retomada do Mercado Porto Alregre-Curitiba, que terá voos diários de segunda à sexta com as aeronaves modelo Airbus A320neo, que podem transporter até 174 clientes.

Todos os novos voos da malha de agosto seguirão os protocolos e medidas de higiene estabelecidos pela Azul desde o início da pandemia.

“Para o próximo mês, voltaremos a conectar importantes cidades do interior de estados brasileiros, reforçando a vocação regional da Azul e a nossa conectividade, que amplia as opções de voos e destinos para nossos Clientes. Recompondo parte da oferta, nossa malha crescerá 290% em agosto em comparação com abril, nos permitindo atender as pessoas que precisam continuar se deslocando pelos mais diversos motivos. O transporte aéreo é fundamental para contribuir com a retomada da economia e servir um país de dimensões continentais como o Brasil”, afirma Abhi Shah, vice-presidente de Receitas da Azul.

MaisPB

error: Alerta: Conteúdo Protegido !!