João Pessoa, 30 de junho de 2020 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
MÚSICA

Nesta quarta, Dia Mundial do Reggae, banda Maneva lança novo CD

Comentários:
publicado em 30/06/2020 às 16h02
atualizado em 30/06/2020 às 13h06
A- A+
Nesta quarta-feira, 1 de julho, Dia Mundial do Reggae,  será lançado o    “Tudo Vira Reggae”, projeto da banda MANEVA, em parceria com a Universal Music, a GTS e a Base 4, e que chega  as plataformas no Dia Mundial do Reggae, em todos os aplicativos de música.
O repertório de peso, que reúne obras primorosas da música popular brasileira em releituras extraordinárias, traz 10 faixas que navegam pelos mais diferentes ritmos, mas com o arranjo particular do som jamaicano. A produção é assinada por Thiago Stancev.
Canções de Chitãozinho e Xororó, Djavan, Raul Seixas, Titãs, Alceu Valença, dentre outros artistas, fazem parte do décimo registro de carreira. As escolhidas foram “Epitáfio”, “O vento”, “Péssimo negócio”, “Te devoro”, “Evidências”, “Metamorfose ambulante”, “Anunciação”, “Na rua, na chuva, na fazenda” e o medley de “À francesa” e “Noite do prazer”. “Um projeto que tem a nossa cara. Conseguir reunir músicas que fazem parte das nossas histórias e dar a elas um novo olhar foi uma experiência quase sensorial”, explica Tales de Polli, vocalista do MANEVA.
Os fãs do MANEVA já tem data para conferir as faixas do novo álbum em um grande espetáculo. No próximo sábado, 4 de julho, a partir das 20h, no Allianz Parque, em São Paulo, a banda se apresenta no evento “Arena Sessions”. No formato Drive in, o MANEVA fará o primeiro show desde o início da quarentena, fato muito celebrado pelos integrantes
Gravado na Estância Alto da Serra (SP) e seguindo todos os protocolos de saúde, “Tudo Vira Reggae” é fruto da primeira transmissão ao vivo realizada pela banda e foi dirigido por Julio Loureiro.
Além das autorais que colecionam números expressivos,  350 milhões de streams nas plataformas de distribuição digital e 400 milhões de views no YouTube, os amigos Tales de Polli (voz e violão), Felipe Sousa (guitarra), Fernando Gato (baixo), Diego Andrade (percussão) e Fabinho Araújo (bateria) incluíram canções cheias de memórias afetivas.
 Do pernambucano Alceu Valença, que também faz aniversário neste dia 1º de julho, o MANEVA traz “Anunciação”. O ‘mantra’, assim como definido pelo próprio Alceu, atravessa gerações desde que foi lançado, em 1983, no álbum “Anjo Avesso”. “Essa música nasceu de uma maneira muito espontânea. Gostava de tocar flauta transversa. Saí pra rua tocando e, de repente, uma pessoa que estava em casa me disse: ‘que música linda é essa?’ Toquei mais algumas vezes, fiz a letra na hora, que se refere a tudo o que vi naquele dia. A música representa a minha visão do mundo”, disse Alceu Valença em entrevista  sobre “Anunciação”.
 MaisPB Kubitschek Pinheiro com assessoria da Universal
MaisPB
error: Alerta: Conteúdo Protegido !!