João Pessoa, 29 de março de 2020 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
coronavírus

Lemos: filhos de Bolsonaro causam “inferno” no país

Comentários:
publicado em 29/03/2020 às 09h06
atualizado em 29/03/2020 às 12h01
A- A+
Julian Lemos é deputado federal pelo PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro - Foto: arquivo

Coordenador da campanha de Jair Bolsonaro no Nordeste à presidência em 2018, o deputado federal Julian Lemos (PSL) escreveu no Twitter que o Brasil é um “inferno” causado pelos três filhos do presidente.

Lemos se refere ao deputado federal Eduardo Bolsonaro, o senador Flávio Bolsonaro e o vereador carioca Carlos Bolsonaro, que protagonizam polêmicas em meio à pandemia do novo coronavírus.

“Dia e noite, os três patetas atacam todo mundo, é um inferno nesse país, essa gente não tem paz, nem querem ter. Mentem, perseguem e destroem reputações, forjam áudios, testemunhas, dividem, até com países arrumam problemas toda hora, a todo momento, são uns covardes doentes”, afirmou.

“Gente, não sei vocês, mas estou sem saco pra gente chata, para quem destila ódio, que não tem compaixão da dor dos outros, que de tudo e todos debocham, encheu, ficou chato, estou sem paciência pra qualquer tipo de fanatismo político, paciência zero, tirou onda agora e pau”, acrescentou.

O polêmico pronunciamento de Bolsonaro na última terça-feira desdenhando da gravidade do novo coronavírus é atribuído, de acordo com o Estado de S.Paulo e o jornal “O Globo”, ao “gabinete do ódio”, como é chamado o grupo que monitora suas redes sociais, muito ligado a Eduardo e, principalmente, a Carlos.

MaisPB

error: Alerta: Conteúdo Protegido !!