João Pessoa, 30 de janeiro de 2020 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
crise com Onyx

Efraim Filho aponta “erros internos” do governo

Comentários:
publicado em 30/01/2020 às 16h09
atualizado em 30/01/2020 às 15h57
A- A+

Líder do DEM na Câmara dos Deputados, o paraibano Efraim Filho criticou ‘mais um equívoco’ gerado pelo governo Bolsonaro, agora envolvendo o esvaziamento da Casa Civil com a transferência do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) para o Ministério da Economia. A pasta é ocupada atualmente pelo democrata Onyx Lorenzoni (RS).

“São vários equívocos durante todo ano, várias crises geradas de dentro do próprio governo, relembremos o caso do ministro Bebiano, a saída do ministro da Educação, Ricardo Velez, a substituição pelo ministro Abraham Weintraub também envolvido em diversas polêmicas. São situações complicadas que acabaram gerando uma cortina de fumaça para os bons resultados no campo econômico”, disse Efraim ao Portal MaisPB.

Efraim Filho lamentou que a situação tenha ocorrido às vésperas do retorno dos trabalhos no Congresso.

“A gente lamenta que antes da retomada dos trabalhos tem uma situação como essa que é gerada dentro do próprio governo, mais uma crise para ser administrada. Não foi a oposição que provocou. São ruídos que atrapalham a articulação politica do governo, que deveria estar focada na agenda econômica”, acrescentou.

Ainda para Efraim Filho, que é coordenador da bancada federal da Paraíba, Onxy “era uma peça importante de interlocução com o parlamento”.

“Para o próprio governo ele era uma peça importante de interlocução com o parlamento, ele é deputado, conviveu conosco, era alguém que tinha a capacidade de construir pontes e diálogos. Comigo pessoalmente ele era atencioso com as demandas da Paraíba”, concluiu.

MaisPB

MaisTV

Carreta tomba em curva na Serra de Santa Luzia no Sertão

vídeo - 17/09/2021

Opinião

Paraíba

Brasil

Fama

mais lidas