João Pessoa, 18 de setembro de 2019 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora

Administrador, pós-graduado em Planejamento Operativo, já atuou na administração pública federal, estadual e municipal. Ocupou por três mandatos o cargo de presidente do CRA-PB e de diretor do Conselho Federal de Administração. Diretor Institucional do SINTUR-JP de 1993 a 2016. Consultor em Administração, presentemente exerce as funções de presidente da APCA (Academia Paraibana de Ciência da Administração). Contato: diretorexecutivoaetc@yahoo.com.br

A observação do leitor

Comentários:
publicado em 18/09/2019 às 11h04

Não é cabível que mencione o nome do leitor, porquanto no e-mail que me transmitiu não há indicativo de que aceitasse normalmente tal menção. Ele reclamou que, em vez de diversificar os temas dos artigos por mim assinados, eu estaria só tratando sobre o trânsito da cidade de João Pessoa, isto em clara referência aos dois textos publicados anteriormente, ambos sob o título “O nosso trânsito de todos os dias”, partes I e II.

Na resposta que, também via e-mail, a mim caberia passar àquele leitor, apenas lhe disse: Obrigado pela dica! Mas, por evidente, não significa que eu, com aquele agradecimento, estivesse concordantecom o leitor. Não! Fiquei somente agradecido porque ele estava realmente dando uma “boa dica” quanto à necessidade que todo articulista tem em diversificar os assuntos sobre os quais escreve, mesmo que sob uma mesma temática mais ampla.

Impõe-se, entretanto, que àqueles outros leitores desta coluna – a exemplo e especialmente aos oito que também passaram e-mails parabenizando sobretudo a parte II do artigo “O nosso trânsito de todos os dias” em razão dos elogios que nele constam  à Semob-JP por sua “humildade técnica” e consequente revisão no projeto de reformulação no trânsito da avenida João Maurício (orla de Manaíra, em João Pessoa) –  eu reafirme que continuarei elaborando meus escritos da mesma forma e sob a mesma orientação de como os tenho concebido ao longo já de um bom tempo, aqui neste portal, veículo que prima em bem informar e formar opinião com o olhar e inseparável vínculo ao interesse sócio-econômico-cultural da terra paraibana. E sendo esta a conduta e a orientação deste portal, obviamente não reservaria espaço para articulistas repetitivos.

Ainda a propósito daquele artigo “O nosso trânsito de todos os dias”, uma emissora de rádio, com sede na capital paraibana, em programa jornalístico das 12 horas, registrou que “João Pessoa precisa de mais cronistas como Mário Tourinho para colocar em pauta os assuntos da cidade”. Claro que fiquei envaidecido.

Leia Também