João Pessoa, 21 de agosto de 2018 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
desabafo

Traída pelo marido e pela cunhada, Sarah Poncio afirma: ‘Perdoei os dois’

Comentários:
publicado em 21/08/2018 às 10h35

Envolvida em uma trama digna de novela, Sarah Poncio resolveu se pronunciar a respeito do escândalo do qual foi vítima. Grávida de seu segundo filho, a jovem, de 21 anos, abriu o jogo sobre o fato de ter sido traída pelo marido, Jonathan Couto, com a então cunhada, Letícia Almeida, e garantiu ter perdoado a dupla.

“Acho que o perdão cabe a quem foi traído e não perdoar vai me machucar. Quem errou foi quem traiu. Quando a gente libera perdão, a gente se liberta. Não me arrependo de ter perdoado. Perdoei os dois”, afirmou ao canal de Antonia Fontenelle no YouTube.

A moça também detalhou a noite ‘fatídica’ da traição do marido – que gerou, como fruto, o nascimento de Maria Madhalena, atualmente com 6 meses. “Lembro desse dia como se fosse ontem. Tinha saído para jantar com o Jonathan, compramos vinho e voltamos para casa. Meu irmão [Saulo, com quem Letícia namorava] não estava em casa, estava fora da cidade fazendo show. Meus pais acabaram subindo para dormir, eu subi para dar banho no Zé [filho mais velho do casal]. Deixei ele [o marido], ela [a ex-cunhada] e um amigo dele juntos bebendo no andar de baixo”, relatou.

Letícia e Jonathan, então, após Sarah ter se recolhido, fizeram sexo na casa em que o rapaz vive com a esposa. “Eu e meu irmão fomos os últimos a saber do que aconteceu. Quando eu soube, foi um turbilhão de sentimentos”, recordou.

Acerca da relação de Saulo com a atriz, a moça avaliou: “Ele sempre quis ser pai e, quando soubemos que ela estava grávida, ela veio morar na nossa casa, no quarto do Saulo. Mas eles tinham um relacionamento de idas e vindas e nem estavam juntos quando ela descobriu a gravidez”.

Mudança de paternidade

Agora, Letícia move um processo na Justiça para que a paternidade de Saulo, o ex-namorado, seja excluída da certidão de nascimento de Maria Madhalena. Depois disso, o nome do concunhado será incluído no registro da garotinha. “Nossos advogados estão cuidando disso para que tudo corra em sigilo. Afinal, envolve uma menor de idade”, destacou Márcio Matos, pai de Sarah, em entrevista recente ao jornal “Extra”.

Famosidades

Certificado digital mais barato para advogados e contadores Clique e saiba como adquirir

Leia Também