João Pessoa, 19 de dezembro de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
perícia

Aije do Empreender: acusação vê prova de uso da máquina; defesa revida

Comentários:
publicado em 19/12/2017 às 11h19

Atendendo solicitação do Tribunal Regional Eleitora, em 116 páginas, o auditor de contas públicas Antônio de Sousa Castro, do TCE, assina uma radiografia do Empreender Paraíba, no ano da eleição de 2014.

No resumo, naquele ano os créditos liberados pelo Empreender saltaram de R$ 15 milhões, em 2013, para quase R$ 30 milhões, em 2014.

Os advogados do PSDB enxergam no dado uma prova do abuso de poder apontado pela AIJE do Empreender, de autoria do Ministério Público Federal.“Não há mais dúvidas do uso da máquina”, sustenta Harirson Targino.

Por sua vez, a defesa do governador Ricardo Coutinho diz que a perícia no Empreender Paraíba, solicitada pelo TRE, contraria a tese de que houve abuso de poder na liberação de créditos em 2014, ano da eleição.

“O laudo pericial não apontou qualquer indicativo de influência político-eleitoral na concessão dos empréstimos do Empreender. A perícia registrou que o mês das eleições (outubro de 2014) foi justamente aquele em que houve o menor gasto na liberação de empréstimos, correspondendo a apenas 1,21% do total do ano”, disse o advogado Fábio Brito.

Para o perito, acentua Brito, “no período de julho a outubro – considerado período eleitoral – a evolução mensal de recurso liberados diminuiu significativamente, mês a mês, apresentando uma variação negativa”.

Blog Heron Cid

Certificado digital mais barato para advogados e contadores Clique e saiba como adquirir

Leia Também